Fundação Renova
Fundação Renova

Seleção de Minas: qual o maior técnico do século XXI?

Durante o tempo de quarentena, o Mais Minas tem feito enquetes para matar a saudade do torcedor atleticano e cruzeirense. Após montarmos a escalação dos maiores jogadores de Galo e Raposa no século XXI, com votação popular, estamos montando a Seleção de Minas dos últimos 20 anos, fazendo a votação entre os eleitos de cada clube para definir qual a escalação do século envolvendo os dois gigantes do estado.

Os 11 jogadores da Seleção de Minas do século XXI já foram escolhidos, agora falta apenas escolher quem será o comandante dessa equipe repleta de craques. Ambos marcaram história nos seus respectivos clubes por feitos inéditos e conquistas. Vanderlei Luxemburgo e Cuca são dois dos maiores treinadores dos últimos 20 anos no Brasil, acumulam passagens em outros times gigantes do Brasil e, inclusive, uma semelhança encontrada entre eles é o fato de ambos já terem treinado tanto Atlético quanto Cruzeiro.

Vanderlei Luxemburgo (Cruzeiro 2002-2004 e 2015)

Seleção de Minas: qual o maior técnico do século XXI?
Foto: Washington Alves / Cruzeiro

Um dos maiores técnicos da história do futebol brasileiro, Vanderlei Luxemburgo chegou no Cruzeiro em 2002 e foi comandante do time no ano mais vitorioso da sua história: 2003. Com o “Pofexô” treinando o clube, a Raposa conquistou a Tríplice Coroa daquele ano com um futebol magistral. De quebra, o clube estrelado conseguiu se livrar da pressão pela conquista de um título brasileiro, grande desejo do torcedor.

Seu estilo folclórico e carismático encantaram o torcedor celeste, além de algumas atitudes que ficaram marcadas, como ele afirmar que pagaria o salário do meia Alex do próprio bolso para este continuar no clube no ano de 2003, visto que ele vinha de um mau momento na carreira e estava prestes a ser dispensado pelo Cruzeiro. O resultado é que Alex ficou e foi o melhor jogador do país naquele ano.

Outra história inesquecível foi quando o treinador levou uma fralda para o vestiário antes da final da Copa do Brasil de 2003, visto que teria que entrar com o jovem Gladstone na zaga, por estar com a equipe desfalcada. Vanderlei então perguntou se o atleta queria voltar para casa com o troféu ou com objeto higiênico. Gladstone e o Cruzeiro voltaram com o título.

Luxa ainda voltou ao Cruzeiro em 2015, mas teve péssimo desempenho com o clube e foi demitido poucos jogos depois.

Cuca (Atlético 2011-2013)

Seleção de Minas: qual o maior técnico do século XXI?
Foto: Bruno Cantini / Atlético

Um dos treinadores mais queridos pelo torcedor atleticano, Cuca sempre é ligado ao clube quando este fica sem técnico. E ele fez por onde toda essa identificação, afinal, era o comandante do Atlético na icônica conquista da Copa Libertadores de 2013. Com um time ultra ofensivo, rápido e letal no jogo aéreo, o treinador levou o Galo à conquista inédita.

Cuca chegou ao clube em 2011 com a missão de salvar o Atlético do rebaixamento naquele ano e cumpriu a missão. Seguiu em 2012 e conquistou o estadual daquele ano, além de uma boa campanha no Brasileirão, que rendeu o vice-campeonato. Em 2013, mais uma vez o Galo foi campeão mineiro e em seguida o time viria a levantar a Libertadores, como já citado.

Cuca deixou o time após disputar o Mundial de Clubes de 2013 rumo ao milionário futebol chinês. Desde então, apesar das frequentes especulações, não mais comandou o Atlético.

Comentários