Qual foi o melhor gringo do Atlético na década? Vote em seu favorito

PUBLICADO EM:

O Atlético tem uma lista gigante de jogadores estrangeiros que vestiram a camisa alvinegra em toda a sua história. Pensando apenas na década mais recente, atletas de nível de Copa do Mundo também atuaram pelo Galo, deixando suas marcas em Belo Horizonte. Muitos torcedores gostam de nomes sul-americanos pela garra que mostram em campo, outros preferem a técnica, então, o Mais Minas resolveu fazer uma enquete com os principais jogadores gringos da década que jogaram pelo clube mineiro para você escolher qual foi o melhor. Veja bem as opções e escolha o seu favorito!

Escudero

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

O argentino Escudero atuou pelo Atlético em 2012, o atleta foi vice-campeão Brasileiro, e marcou quatro gols em 40 jogos com a camisa alvinegra. Não ficou tão marcado na memória do torcedor atleticano por ter tido apenas uma temporada no Galo. O jogador atuou em Minas Gerais por empréstimo e, na época, o Boca Juniors pediu um valor muito alto para o meia permanecer no Brasil, com isso, acabou tendo seu vínculo com o alvinegro sem renovação.

Dátolo

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

Outro argentino que passou pelo Atlético foi Jesús Dátolo. O jogador chegou em 2013, após a conquista da Copa Libertadores, para a disputa do Campeonato Brasileiro e Mundial de Clubes da FIFA. Entretanto, não foi naquele ano que o meia se consagraria com a camisa atleticana. Em 2014, foi decisivo na campanha da conquista da Copa do Brasil, marcando sete gols e 20 assistências. Ao todo, Dátolo disputou 127 partidas com a camisa alvinegra, marcando 18 gols, e até hoje faz declarações de amor ao clube mineiro.

Otamendi

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

O terceiro estrangeiro que iremos falar também veio de terras argentinas, trata-se de Nicolás Otamendi. O zagueiro dispensa apresentações, atualmente atua na Liga mais disputada do mundo, a Premier League, com o atual campeão Manchester City. O jogador ainda acumula várias convocações para a Seleção Argentina, chegando até a disputar e ser vice-campeão da Copa do Mundo de 2014.

Otamendi teve uma passagem relâmpago pelo Atlético em 2014, atuando apenas por seis meses no clube, por ter sido transferido do Porto ao Valência, mas junto do fechamento da janela de transferências europeia. Com isso, o time espanhol se viu obrigado a emprestar o jogador. Nicolás teve 19 jogos com a camisa alvinegra e marcou um gol.

Cárdenas

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

O colombiano Sherman Cárdenas foi um jogador que passou pelo Atlético em 2015, chegou como grande promessa, já que foi o principal nome do Atlético Nacional na vitória contra o próprio time mineiro nas oitavas de final da Copa Libertadores de 2014. Entretanto, o meia não teve muito sucesso com a camisa alvinegra, que teve 29 partidas e nenhum gol pelo clube de Belo Horizonte, porém foi campeão do Campeonato Mineiro de 2015 e vice-campeão Brasileiro no mesmo ano.

Lucas Pratto

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

Voltando aos argentinos, Lucas Pratto é o próximo nome da lista. O atacante foi decisivo em diversas oportunidades e ganhou o carinho da torcida logo de cara pelo seu estilo de jogo, raçudo, com garra, muita vontade e, também, por marcar gols. “El urso”, como é conhecido deixou saudade na torcida atleticana. Com a camisa alvinegra, o jogador disputou 104 jogos e marcou 41 gols, de 2015 a 2017, conquistando um Campeonato Mineiro e sendo vice-campeão Brasileiro.

Cazares

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

Juan Cazares é um jogador que divide opiniões entre os torcedores do Atlético, porém uma coisa é indiscutível, seu talento. O meia, desde que chegou ao clube, mostrou seu futebol com vários dribles, lançamentos e até marcando o gol que Pelé não fez em uma final de Copa do Brasil. O equatoriano conquistou o Campeonato Mineiro de 2017 e foi vice-campeão da Copa do Brasil em 2016. Com a camisa alvinegra, o atleta acumula 41 gols em 205 partidas. Hoje, Cazares ainda tem a oportunidade de marcar história no Galo, pois tem contrato com a equipe mineira até o final do ano.

Otero

Vote em qual foi o melhor gringo do Atlético na década
Crédito da foto: Bruno Cantini / Atlético

Rómulo Otero encerra a lista dos melhores gringos do Atlético na década. O jogador é conhecido pelo chute forte e certeiro, sendo um incrível batedor de faltas. O venezuelano é um dos jogadores mais talentosos e catimbeiros do atual elenco atleticano e, por diversas vezes, foi decisivo em clássicos contra o Cruzeiro. Com a camisa alvinegra, o meia acumula 158 jogos, marcando 31 gols e conquistando o Campeonato Mineiro de 2017 e foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro. Tendo chegado ao Galo em 2016, Otero também pode deixar seu nome na história atleticana, já que ainda faz parte do elenco do Atlético.

Veja também: Qual a mais bonita? Relembre as camisas do Atlético na década e vote na sua favorita

Comentários

RELACIONADOS

Outro Preto

Manifesto OuTro Preto

Outro Preto: Ouro com o “T” no meio. Outro Preto de Ouro Preto (cidade) patrimônio da humanidade. Território reconhecido, historicamente, pela oferta...
Comentários