Na Grande BH, vereador de Mateus Leme é preso por acusação de ser mandante de três homicídios

PUBLICADO EM:

O vereador de Mateus Leme, na região Metropolitana de BH, Reginaldo Teixeira Rodrigues, foi preso na manhã desta terça-feira (23), pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) por ser acusado de ligação com três homicídios ocorridos entre 2004 e 2019. Além disso, o político é suspeito de envolvimento em outros três crimes relacionados à tráfico de drogas. Agora ele deverá cumprir uma prisão temporária, de 30 dias, além de uma busca e apreensão em oito endereços atrelados a Reginaldo, entre eles em imóveis de familiares que são alvos de cumprimento de mandados de busca e apreensão por agentes da corporação – a Polícia Civil recolheu, até o momento, R$ 15 mil em dinheiro.

De acordo com a delegada Lígia Barbieri Mantovani, que lidera a investigação, o inquérito que diz respeito ao óbito acontecido em 2004 está encerrado. O documento encaminhado à Justiça indica o indiciamento de Reginaldo pelo crime, já os outros dois inquéritos referentes a outros dois homicídios ainda estão em aberto.

Reginaldo Teixeira era o presidente da Câmara Municipal de Mateus Leme até o começo deste ano, e quando foi abordado pela imprensa, ao ser encaminhado para a Delegacia, o vereador deu declarações de que precisa provar as acusações contra ele. “Essa delegada é doida. Se ela quiser, ela prova. Eu sou contra o tráfico”, disse o vereador à imprensa.

O político cumpre o último ano de seu segundo mandato como vereador do município da região metropolitana. Ele foi eleito pela primeira vez há oito anos. Apesar da página do município apontar que Reginaldo Teixeira Rodrigues é ligado ao Partido Trabalhista Cristão (PTC), o presidente do diretório em Minas Gerais, Anselmo José Gomes Domingo, disse que o vereador deixou o partido há muito tempo.

Veja também: Segurança Pública registra redução de 27,6% dos crimes durante o carnaval em Minas Gerais

Comentários

RELACIONADOS

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários