Tendências de moda para a pós-quarentena

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

A nossa esperança é que o isolamento social por causa do coronavírus acabe logo para que, quem for fashionista, possa voltar a arrasar pelas ruas. Acontece que a quarentena está prevista pra terminar no mês de junho, logo estaremos ainda no outono, nos preparando para entrar no inverno. Que tal saber quais serão as tendências de moda para as estações?

Antes de começar precisamos entender qual é o momento que a moda está vivendo. A sustentabilidade deixou de ser uma tendência e hoje é praticamente uma “regra” no mundo fashion. Os estilistas e consumidores estão cada vez mais envolvidos em produzir e consumir peças que foram pensadas nesse sentido, no sentido de causar o menor impacto ambiental o possível.

Pensando na questão da moda sustentável, começamos a pensar sobre os tecidos e materiais utilizados para produzir as roupas de fios provindos de processos de reciclagem.

Trabalhos Manuais

Nas principais passarelas do mundo foi possível conferir muitas modelos desfilando vestidas de tricô, tudo indica que a tendência do “Handmade”, que significa “feito à mão”, chegue com força no Brasil.

As peças confeccionadas em linha e lã, feitas à mão, trazem para o próximo inverno um mood retrô. Além de trazerem para o consumidor o espírito de estar adquirindo uma peça minunciosamente feita por um artesão (a), elas fortalecem a questão ambiental, pois agora as peças serão muito valorizadas, em outras palavras, os consumidores tendem a comprar menos quantidade de roupa e apostar na qualidade que só a exclusividade de uma peça feita cem porcento à mão pode entregar.

Então casacos, saias, bolsas, blusas em tricô e crochet estarão em alta – para alegria do Brasil, que é referência nesse tipo de produto.

Cores

Nada de tradicionalismo durante estações mais frias. Neste ano você vai conferir cores que jamais imaginaria encontrar pelas ruas no Outono/Inverno. Além de serem cores inimagináveis de serem usadas nas estações mais frias do ano, elas virão com tonalidades mais vibrantes, é o caso do rosa, amarelo, roxo e vermelho.

Contudo, a cor da estação mesmo será o azul céu, não se trata de uma azul fechado, o “classic Blue” e nem o “azul baby”, o blue que vai tomar conta das vitrines está em uma tonalidade diferenciada da de costume e o principal objetivo dos estilistas em explorar a cor é orná-la com os tons terrosos, o que entrega um ar romanticamente rústica ao look.

Leia também: 40 graus: inspirações e tendências de moda praia 2020

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,287FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
180SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários