Fundação Renova
Fundação Renova

Sua Ansiedade anda te trazendo problemas?

Olá pessoal, tudo bem?

Sabemos o quanto a Ansiedade é um problema sério para muitos de nós: O Brasil é hoje considerado o país mais ansioso e estressado da América Latina – 9,3% da população sofre com este mal. (Dados: Jornal da USP, ago/2018).

Por ser este um tema com o qual trabalho e considerando seu impacto na população, especialmente neste momento tão delicado que estamos vivendo – a pandemia – considero importante falar dele aqui na coluna. Quero trazer reflexões para que a Psicologia possa te ajudar no seu cotidiano. 

Pois bem! De início é importante esclarecer que a Ansiedade é uma reação emocional completamente normal e natural e que todos nós a vivenciamos em algum grau. Quem nunca aqui se sentiu ansioso antes de uma prova difícil ou de um encontro muito esperado? Ou antes de uma entrevista de emprego? A maioria das pessoas tendem a ficar ansiosas nestes cenários, certo?

A Ansiedade foi fundamental para a nossa sobrevivência enquanto espécie humana. Graças à antecipação que ela nos coloca, nossos ancestrais foram capazes de lidar com inúmeras ameaças e dificuldades de viver em um ambiente hostil e repleto de riscos. Já parou para pensar como seria a vida se nunca nos preocupássemos com nada e vivêssemos sem “antecipar” nada? Provavelmente se tornaria um caos! Ou talvez sem sentido? Viveríamos apenas por viver, sem considerar qualquer desejo ou plano?

Antecipar-se, preocupar-se com algo em algum grau, planejar-se, ansiar por algo é uma reação absolutamente normal e adaptativa do ser humano. A questão é que algumas pessoas passam a vivenciar o que chamamos de Ansiedade Patológica e é aí que nós precisamos ter um pouco mais de atenção.

Nossos ancestrais precisaram da Ansiedade para se antecipar em prover comida e fugir dos predadores. Hoje não mais temos estes “problemas”, mas em compensação temos vários outros que igualmente trazem à tona uma gama de preocupações que nos assolam: a violência, as dificuldades de relacionamento, o desemprego, o excesso de informações e de demandas, a constante correria e falta de tempo e por aí vai.

Mas afinal de contas, o que configura a Ansiedade Patológica? Dizemos assim quando esta antecipação se torna excessiva a ponto de interferir na vida cotidiana. Sentir-se ansioso por uma viagem, uma reunião ou no dia do seu casamento é plenamente natural – agora, se você se vê num sofrimento tão intenso a ponto de não conseguir manter as atividades planejadas ou se as executa com extrema dificuldade, estamos possivelmente diante da Ansiedade Patológica. Gera sofrimento intenso? Impacta no comportamento e na sua rotina diária? Então aqui é hora de ligar a luz de alerta.

Mas Vanessa, se eu tenho a Ansiedade Patológica então eu tenho algum transtorno?

Calma lá que não é bem assim! A Ansiedade é uma emoção que, em desregulação, pode sim levar à uma série de transtornos, mas não necessariamente. Se ela está num nível patológico é sinal de que você precisar investigar o que está causando esta Ansiedade tão exacerbada para então pensar na melhor forma de lidar com ela, de um modo que ela volte a ser somente uma emoção adaptativa na sua vida, como todas as demais. Se você não consegue localizar as causas ou consegue mas não é capaz de por si só prover mudanças que possam torná-la mais adaptativa, talvez seja necessário buscar ajuda profissional.

Sua Ansiedade não pode trabalhar contra você.

Cuide sempre da sua Saúde Emocional, ela é seu bem mais precioso!

Me conte nos comentários como você sente que anda a sua Ansiedade? Acha que ela pode estar te causando problemas?

E se você tem alguma dúvida sobre o assunto deixe nos comentários ou me escreva!

Até a próxima!

Vanessa Barreto Fassheber – CRP 04/24259

Psicóloga, Terapeuta Cognitivo Comportamental, Especialista em Saúde Mental, Educação em Saúde e Mestre em Ciências da Saúde

Procuro trazer um novo significado para as vivências e emoções do passado, buscando o bem estar no momento presente.

Instagram: @vanessafassheber

E-mail: [email protected]

Fonte consultada: https://jornal.usp.br/atualidades/brasil-vive-surto-de-depressao-e-ansiedade/

Comentários