Fundação Renova
Fundação Renova

Seleção de Minas: qual o maior volante do século XXI?

Durante o tempo de quarentena, o Mais Minas tem feito enquetes para matar a saudade do torcedor atleticano e cruzeirense. Após montarmos a escalação dos maiores jogadores de Galo e Raposa no século XXI, com votação popular, estamos montando a Seleção de Minas dos últimos 20 anos, fazendo a votação entre os eleitos de cada clube para definir qual a escalação do século envolvendo os dois gigantes do estado.

Já foram escolhidos as posições de goleiro, lateral-direito e zagueiro, tendo sido eleitos VictorMarcos RochaLeonardo Silva e Réver, do Atlético, e Sorín, do Cruzeiro. Agora é a vez de escolher quem deve ocupar a dupla de volantes da Seleção de Minas do século XXI, além de eleger o maior da posição nos últimos 20 anos.

Pelo lado do Cruzeiro, os candidatos serão Ricardinho e Lucas Romero. Ambos vestiram a camisa celeste em épocas diferentes, um foi o maior vencedor da história do clube na década de 90, mas que retornou ao azul de Minas neste século e conquistou mais títulos. Já Lucas Romero esteve num passado recente da Raposa, chegando em 2016 e ficando até o ano passado.

E no lado alvinegro, a dupla Pierre e Leandro Donizete já é outra história, ambos jogaram com a camisa do Atlético na mesma época, vencendo os mesmos títulos que deixaram suas marcas na história do clube. Donizete chegou em Minas um ano depois de Pierre e formaram algo polivalente e quase imbatível na volância do Galo.

Pierre (2011-2015)

Seleção de Minas: qual o maior volante do século XXI?
Foto: Bruno Cantini / Atlético

Ídolo da torcida atleticana, Pierre demonstrou aquilo que mais encanta o torcedor do Galo: muita raça, aliada com futebol bem jogado. Titular do Atlético na maior parte de sua passagem, o volante ficou conhecido como “carregador de piano” de uma equipe repleta de bons valores técnicos.

Pelo Galo, o volante conquistou cinco títulos: os Mineiros de 2012 e 2013, a Libertadores de 2013, a Recopa Sul-Americana de 2014 e a Copa do Brasil de 2014. Até hoje o jogador é muito querido e respeitado no lado alvinegro de Minas.

Lucas Romero (2016-2019)

Seleção de Minas: qual o maior volante do século XXI?
Foto: Vinnicius Silva / Cruzeiro

“El Perro” jogou quatro temporadas no Cruzeiro e sua raça e determinação o fizeram ser querido por muitos dos cruzeirenses. No período vestindo azul, Romero conquistou duas Copas do Brasil e dois estaduais. O jogador também se destacava pela polivalência, tendo jogado inúmeras partidas de lateral-direito e até mesmo esquerdo.

Leandro Donizete (2012-2016)

Seleção de Minas: qual o maior volante do século XXI?
Foto: Bruno Cantini / Atlético

Muito semelhante a sua dupla Pierre, Leandro Donizete não se destacava por uma grande qualidade técnica, mas por sua raça e poderio defensivo, principalmente na marcação. O “General”, como era conhecido pelos atleticanos, era implacável contra seus adversários e se tornou ídolo da torcida do Galo.

Durante sua passagem pelo alvinegro de Minas, conquistou seis títulos: os Mineiros de 2012, 2013 e 2015, a Libertadores de 2013, a Recopa Sul-Americana de 2014 e a Copa do Brasil de 2014. Assim como Pierre, Donizete dava a solidez defensiva necessária para que os craques do setor ofensivo do Atlético pudessem brilhar.

Ricardinho (1994-2002 e 2007)

Seleção de Minas: qual o maior volante do século XXI?
Foto: Arquivo / Cruzeiro

Jogador mais vencedor da história do clube, com 15 títulos conquistados, Ricardinho teve seu auge nos anos 90, mas também jogou no clube no século XXI, nos anos de 2001, 2002 e 2007, tendo conquistado três títulos no período.

[mpp id=”3″]

Comentários