Fundação Renova
Fundação Renova

Sada Cruzeiro vence UPCN da Argentina e é heptacampeão Sul-Americano

O Sada Cruzeiro venceu o UPCN, da Argentina, por 3 sets a 1 e se sagrou campeão do Sul-Americano de Clubes pela sétima vez, no último sábado (15). A final disputada no ginásio de Contagem contou com grande presença da torcida cruzeirense que viu seu time vencer o primeiro set por 25/18, perder o segundo por 14/25 e vencer mai dois sets por 25/19 e /25/23. Com o título, a Raposa garantiu a vaga no Campeonato Mundial de Clubes deste ano.

Facundo Conte foi o maior pontuador da final pelo Sada Cruzeiro, com 20 pontos. Ele e Otávio foram eleitos para a seleção do campeonato, ao lado do oposto Luan e do levantador Fernando Cachopa, que foi o MVP.

O Hepta Sul-Americano é o terceiro título na temporada para o Sada Cruzeiro. Lembrando que a equipe celeste vive atualmente sua maior reformulação da última década com sete nomes diferentes no plantel, sendo quatro deles da equipe principal: o líbero Lukinha, os ponteiros Gord Perrin e Facundo Conte e o central Otávio.

Com os sete títulos continentais e o pentacampeonato consecutivo, o Sada Cruzeiro dispara com o número de títulos da disputa continental. Os clubes Banespa e Paulistano ganharam cinco vezes cada, nas décadas de 1970 e 1990. Depois deles vem o Minas Tênis Clube com dois títulos, o Sesi-SP com um e a extinta Cimed também com troféu Sul-Americano.

O Sada Cruzeiro foi campeão do Campeonato Sul-Americano de Clubes em 2012, 2014, 2016, 2017, 2018, 2019, e agora em 2020.

Leia também: Cruzeiro enfrenta Patrocinense buscando voltar a vencer após dois empates

Comentários