Por se sentirem intimidados, alguns homens recorrem à violência contra mulher, diz Moro

PUBLICADO EM

Na última quarta-feira (7), em uma cerimônia de homenagem aos 13 anos da Lei Maria da Penha e também para assinatura do Pacto pela Implementação de Políticas Públicas de Prevenção e Combate à Violência contra Mulheres, estiveram presentes o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, além da procuradora-geral da República Raquel Dodge e do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli.

Durante a cerimônia, a ministra Damares, apresentou dados do Disque 180, segundo os quais foram contabilizadas 92 mil denúncias de violência contra a mulher somente em 2018. No primeiro semestre deste ano, cerca de 42 mil denúncias já foram registradas.

Ainda durante o encontro, Sérgio Moro afirmou que alguns homens recorrem à violência pro se sentirem intimidados e não aceitarem, de forma geral, que as mulheres têm se destacado cada vez mais na sociedade.

Muitas vezes, se diz que são necessárias políticas de proteção à mulher porque, dizem, elas são vulneráveis. Mas isso não é verdade, porque elas são mais fortes e melhores do que os homens. Por que são melhores do que nós? Talvez porque nós, homens, somos intimidados e, por conta dessa intimidação, nós, homens, recorremos à violência para firmar uma pretensa superioridade que não existe”, declarou Moro durante seu discurso.

Mais tarde, o ministro publicou a declaração dada durante a cerimônia em seu perfil oficial no Twitter.

Logo depois, Moro ainda acrescentou que “O mundo mudou. Temos muito a aprender. Diz isso não o Ministro, mas o filho, marido e pai de mulheres fortes”.

 

Declarações de Moro dividiram opiniões na web

As declarações de Moro dividiram opiniões na web. Enquanto alguns seguidores elogiaram o ex-juiz, sobretudo por suas ações no ministério, outros criticaram a maneira como explicou a origem da violência contra à mulher.

Veja algumas das reações:

*Em casos de violência contra a mulher, ligue para o 180.  A central é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas, desde o ano de 2005.

Comentários
EDITORIA:

destaque

Confira os resultados das Loterias Caixa deste sábado (1)

Aconteceu na noite deste sábado, 1º de agosto de 2020, os sorteios da Federal, Quina, Dia de Sorte, Dupla Sena, Mega-Sena e...

Vereador de Ouro Preto é condenado em segunda instância por receptação de pneus

O vereador de Ouro Preto, Wander Albuquerque (PDT), foi condenado, em segunda instância, a quatro anos de prisão por, em 2003, adquirir...

EDITORIAS POPULARES

Comentários