Fundação Renova
Fundação Renova

Polícia Militar prende suspeitos de sequestro em Uberlândia

Na tarde de quarta-feira, 13, a Polícia Militar de Minas Gerais prendeu quatro autores, entre eles uma mulher, pela participação em um sequestro de uma mãe e seu filho, ocorrido
na própria quarta-feira, no bairro Marta Helena, em Uberlândia.

Uma suspeita de envolvimento no sequestro, de 18 anos, chegou na casa da vítima dizendo que iria buscar uma roupa que teria deixado lá para consertar (na residência prestam serviços de costura). Assim que a mãe da vítima abriu a porta para atendê-la, o ex-marido de sua filha entrou com mais dois autores. Seu ex-genro, portando uma arma de fogo, mediante agressão física, rendeu todos os ocupantes da casa. Com auxílio dos demais autores forçou sua filha e o seu neto a entrarem em um veículo Honda Civic, cor cinza. Os autores fugiram usando também um veículo gol de cor vermelha, levando as vítimas.

Com todas as informações, foi desencadeada uma operação e localizado o endereço da autora que primeiramente auxiliou os autores a entrarem na residência das vítimas. Durante rastreamento pela Avenida Secretária a guarnição viu o veículo gol vermelho usado no delito trafegando na via pública.

Ao perceberem a presença policial, tentaram fugir. Após intensa perseguição, foi feita a abordagem do veículo na avenida Silvio Rugani. Na busca pessoal foi encontrado na cintura do autor, de 33 anos, um simulacro de pistola e também um montante de R$ 691,00, o qual confirmou que seria o restante do dinheiro pago pelo mandante do crime. De acordo com este autor, ele e o comparsa, de 21 anos, receberam o montante de mil reais para praticarem o delito. Com este segundo suspeito foi encontrado o montante R$ 560,00 em dinheiro.

Em busca pessoal no terceiro ocupante do veículo, de 26 anos, foram encontrados R$
220,00 em dinheiro, porém não soube explicar a procedência do montante. Foram encontrados vários celulares dentro do veículo abordado, inclusive um deles pertencia ao mandante do crime. O autor e mentor do crime, a ex mulher e o filho, até o momento não foram localizados, mas as diligências permanecem.

Obs.: Caso alguém tenha alguma informação ou visto algo suspeito que possa ajudar na localização das vítimas, pedimos que entrem em contato com a Polícia através do 190 ou do 181.

Agência Regional de Comunicação Organizacional da 9ª RPM

Comentários