Fundação Renova
Fundação Renova

Polícia Civil prende suspeito de estupro de vulnerável em Ouro Preto

Uma investigação acerca do desaparecimento de uma adolescente, de 12 anos, em Ouro Preto, região Central, levou a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) à constatação de um caso de estupro de vulnerável. Em decorrência da investigação, um jovem, de 22 anos, foi preso, na última quarta-feira (20), em virtude de mandado de prisão preventiva representado pela PCMG à Justiça.

De acordo com o Delegado Warlyson de Oliveira Henriques, o registro de desaparecimento da garota foi feito em 4 de outubro. Três dias após, a equipe de policiais civis localizou o paradeiro dela. “A adolescente estava na casa do investigado, com quem mantinha relações sexuais. Por mais que os atos fossem consentidos, pela idade da vítima, configura-se o crime”, explica.

Em depoimento à PCMG, o suspeito alegou não ter conhecimento de que a adolescente estaria desaparecida e acreditava que ela seria maior de idade. Após localizada, a vítima foi entregue aos responsáveis legais e encaminhada ao serviço de saúde para o atendimento de praxe.

O inquérito policial está em fase de conclusão e deve ser remetido à Justiça nos próximos dias, com indiciamento do suspeito por estupro de vulnerável. O crime está previsto no artigo 217-A do Código Penal e tem pena de oito a 15 anos de prisão.

Comentários