Polícia Civil conclui inquérito sobre morte de bebê em creche de Belo Horizonte

PUBLICADO EM

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu o inquérito policial que apurou as circunstâncias da morte de uma criança de um ano e dois meses, ocorrida no dia 27 de agosto, em uma creche na região do Barreiro. Foram indiciadas por homicídio culposo a dona do estabelecimento e as duas funcionárias da creche.

O chefe do 1º Departamento de Polícia Civil, Delegado-Geral Wagner Sales, destacou o trabalho realizado pela PCMG: “Com a conclusão do inquérito policial, temos a intenção, além de mostrar o resultado da investigação, demonstrar para as pessoas que atuam nessa área a necessidade de reforçar o cuidado nesse tipo de trabalho, uma vez que são consideradas garantidoras, podendo ser responsabilizadas civil e criminalmente por suas condutas. É preciso redobrar o dever de cuidado nesses casos”, ressaltou Sales.

A Delegada Virginia Salgado e Bittar, que conduziu as investigações, revelou a importância do laudo de necropsia para esclarecer a morte da criança: “O resultado apontou asfixia por sufocação, comprovou-se a presença de material alimentar nos pulmões. A partir disso, podemos concluir que a vítima morreu em decorrência de aspirar o próprio vômito, o que causou sua asfixia”, contou.

Durante as investigações, foram ouvidas diversas testemunhas, como familiares da criança, funcionários da creche e profissionais de saúde responsáveis pelo socorro da criança. A Delegada ainda revelou o motivo do indiciamento das suspeitas: “Foram indiciadas a proprietária da creche e as duas cuidadoras que se revezavam no cuidado das crianças durante o dia todo. Restou configurada a negligência das envolvidas, uma vez que deixaram de cumprir a contento a função a que se destinavam como garantidoras da integridade física, psíquica e moral de todas as crianças daquela creche”, concluiu.

A investigação foi realizada pela 2ª Delegacia de Polícia Civil do Barreiro, pertencente ao 1º Departamento de Polícia Civil em BH.

Leia também: Arma e drogas são encontradas dentro de urso de pelúcia, em São João del-Rei

Comentários

destaque

Avó denuncia neto para polícia por violência doméstica, em Congonhas

Nesse último domingo (12), a Polícia Militar (PMMG) atendeu a uma ocorrência de violência doméstica, no bairro Tijucal, em Congonhas. Ao chegar...

Ouro Preto recebe doações de 5 mil cestas básicas da JBS

Nesta sexta-feira (19), a JBS entrega 5,2 mil cestas básicas à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Ouro Preto (MG). As entregas fazem parte...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,415FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
182SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários