Pacientes com câncer de mama desfilam na 7ª Edição do Moda Show Minas

PUBLICADO EM

Valéria Liliam Pereira Rocha, 44 anos. Maria Valdirene Alves Soares, 46 anos. Sonia Lucia Braga, 62 anos. Cada uma com sua beleza. Em comum, elas têm a força de vontade de vencer o câncer de mama. Pacientes em tratamento oncológico do filantrópico Hospital da Baleia, elas vão subir na passarela da 7ª edição do Moda Show Minas – Alto Verão e enxergam a iniciativa como uma oportunidade de elevar a autoestima.

Nos dias 7 e 8 de março, das 12h às 22h, Belo Horizonte será palco de mais uma edição do único evento que reúne Moda, música, arte e gastronomia. O evento tem produção exclusiva da Agência de Modelos Top Agency, em parceria com outras grandes empresas mineiras, além de patrocínio da Belotur e da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte. A participação das pacientes do Baleia será no sábado, dia 7, às 18h.

O desfile será no Salão Espelho D’água, no tradicional Iate Tênis Clube e reunirá empresários do setor e modelos mirins e adultos da Top Agency. O evento é totalmente realizado por meio de parcerias e, nesta edição, a organização do desfile busca recursos para o filantrópico Hospital da Baleia e a CAPE (Casa de Apoio Padre Eustáquio).

A entrada é gratuita. Os ingressos podem ser trocados por doações de caixas de leite para as instituições. Interessados podem retirar o convite na sede da rua Paracatu, 277 – loja 37, bairro Barro Preto. A cada 5 litros de leite doados, o benfeitor receberá um ticket para participar de sorteios que ocorrerão durante o evento. Além disso, durante a ação, as pessoas que adquirirem produtos solidários do Hospital da Baleia, que serão vendidos nos dois dias, também participarão dos sorteios.

Crianças e adultos, consumidores fiéis de suas marcas e lojas preferidas vão desfilar looks por eles escolhidos. Mais de 30 marcas e 20 lojistas apresentarão as suas últimas novidades do verão 2020 e as coleções que ainda estão nas vitrines da cidade. As tendências atuais trazem cores fortes e estampas coloridas em neon, que remetem a alegria da estação e do carnaval na capital mineira.

De acordo com pesquisas da área, nos últimos dois anos, o setor de moda infantil movimentou mais de R$ 50 bilhões de reais no Brasil. Esse aumento incentivou lojas e grifes a apostarem nesse modelo de negócio. Mais de 70% dos participantes do Moda Show são crianças e adolescentes. Além de movimentar o setor de vestuário adulto, infantil e infanto-juvenil, o evento também oportuniza crianças e jovens a ingressarem ou consolidarem suas carreiras artísticas.

O local foi escolhido para dar ao público acesso ao Conjunto Arquitetônico da Pampulha, patrimônio mundial (Unesco, 2016) formado pela Lagoa, Museu e Igrejinha da Pampulha e a Casa do Baile. Os participantes poderão degustar o cardápio com uma culinária tipicamente mineira, como forma de valorizar a Cidade Criativa da Gastronomia, título dado à BH pela Unesco no ano passado.

A Top Agency, organizadora do desfile, promove, por ano, mais de 6 eventos do segmento. Participam mais de mil crianças e adultos. A ação conta com marcas de Minas Gerais e de outros estados. Além dos desfiles, ocorrerão apresentações culturais de música e dança.

Comentários
EDITORIA:

destaque

Precisando de uma vitória simples, Atlético joga contra a Patrocinense no Mineirão

O Atlético vive uma situação atípica no Campeonato Mineiro, pois ja é a última rodada da competição e o Galo ainda não...

Moda: conceito de tendência pode ser esmiuçado após pandemia do coronavírus

A pandemia do novo coronavírus pode estar sendo o "golpe" final para o conceito de tendência de moda, aquela que consiste em dizer para...

EDITORIAS POPULARES

Comentários