Fundação Renova
Fundação Renova

Pabllo Vittar é a primeira drag queen a se apresentar e vencer uma categoria no EMA

No último domingo (3), diretamente de Sevilha, na Espanha, aconteceu o MTV Europe Music Awards 2019, premiação da música europeia. Entre os destaques da premiação, o canadense Shawn Mendes venceu como melhor artista e a americana Billie Eilish levou o prêmio de artista revelação. A boyband sul-coreana BTS levou o troféu de melhor artista ao vivo e maiores fãs. Além disso, a cantora e drag queen brasileira Pabllo Vittar foi premiada numa noite histórica.

O prêmio de melhor artista de música eletrônica foi para o DJ holandês Martin Garrix, conhecido pelo hit “Animals”. Já o Green Day levou pra casa o troféu de melhor artista de rock, além de terem se apresentaram na área externa do evento.

O Brasil foi muito bem representado na premiação. Pabllo Vittar conseguiu dois feitos históricos: foi a primeira artista brasileira a se apresentar no evento e a primeira drag queen a ganhar o EMA e se apresentar também.

Vittar apresentou no pré-show a sua primeira canção em inglês, “Flash Pose”, lançada recentemente. Ela também conquistou o troféu de melhor artista brasileiro, desbancando Anitta (que venceu em 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018), Ludmilla, Kevin O Chris e Emicida.

“GANHAMOS o EMA Quero agradecer a todos que viciaram a bateria do celular votando, que acreditaram na gente e que dedicou um minuto do seu tempo para poder votar em mim! Muito obrigado a todos os ‘Vittarlovers’, a a minha família, minha equipe e a Deus por esse momento!!”, escreveu a artista no Twitter.

Assista à performance da drag queen brasileira no EMA 2019:

Leia mais: “The End Of The F***ing World”: a queridinha da Netflix voltou com tudo para a 2ª temporada

Comentários