Ouro Preto adere ao Minas Consciente e prepara reabertura gradual do comércio

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

A Prefeitura de Ouro Preto decretou na última terça-feira (2) a adesão ao programa Minas Consciente, que prevê a reabertura gradual do comércio seguindo os protocolos sanitários e de higienização estabelecidos pelo Governo de Minas Gerais.

O Decreto 5.711 foi feito ontem, mas a reabertura do comércio em Ouro Preto só será possível após a criação de um plano elaborado pelo Comitê de Reabertura e, posteriormente, aprovado pelo Comitê da Saúde da cidade.

Ouro Preto se encaixa atualmente na onda amarela, que é a segunda fase, em que permite a reabertura dos espaços como lojas de variedades, lojas de departamentos ou magazines (exceto Duty Free), tabacarias, livrarias, papelarias e lojas de vestuário.

Os requisitos necessários para que haja a retomada das atividades dos estabelecimentos locais são:

  • Fornecer máscaras para todos os funcionários ou terceirizados;
  • Fornecer álcool 70% (ou água corrente e sabão, bem como papel toalha descartável) para higienização das mãos de todos os funcionários ou terceirizados;
  • Organizar filas com distanciamento de 2 metros entre as pessoas, dentro e fora do estabelecimento, com marcação nas calçadas;
  • Controlar acesso de clientes e, em estabelecimentos de grande fluxo (bancos, mercados, supermercados, mercearias, padarias, açougues, farmácias) permitindo o acesso apenas de duas pessoas por grupo social;
  • Manter a quantidade máxima de 10 pessoas por guichê/caixa em funcionamento, em locais de grande fluxo, devendo ser respeitada a distância mínima de 2 metros entre pessoas;
  • Garantir que os ambientes estejam ventilados;
  • Ampliar a frequência de limpeza dos pisos, corrimãos, maçanetas, superfícies e banheiros com álcool 70% ou solução de água sanitária;
  • Disponibilizar lixeira com tampa e abertura sem contato manual;
  • Higienizar todos os equipamentos utilizados na prestação de serviço, incluindo balcões e máquinas de cartão de crédito, antes e após cada utilização, com álcool a 70% ou solução de água sanitária;
  • Orientar as pessoas a não tocarem em superfícies e a se absterem de contato físico com outras;
  • Descartar resíduos corretamente, conforme preconizado na Resolução RDC 222/2018 Anvisa/MS;
  • Garantir que todos os funcionários utilizem roupas/uniformes para uso exclusivo dentro dos estabelecimentos, inclusive máscaras, de forma  correta.

Minas Consciente

A proposta criada pelo Executivo do estado, por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Saúde (SES-MG), traz a retomada gradual do comércio, serviços e outros setores, adotando protocolos sanitários ainda de prevenção ao coronavírus.

O plano setoriza as atividades econômicas em quatro “ondas”: onda verde – serviços essenciais; onda branca – primeira fase; onda amarela – segunda fase; onda vermelha – terceira fase, a serem liberadas para funcionamento de forma progressiva, conforme indicadores de capacidade assistencial e de propagação da doença, avaliando o cenário de cada região do estado e a taxa de evolução da Covid-19.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,293FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
180SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários