Ouro Preto e Mariana serão beneficiadas por programa do Ministério do Turismo

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

As cidades de Ouro Preto e Mariana, localizadas na Região dos Inconfidentes, vão ser beneficiadas por uma iniciativa do Ministério do Turismo (MTur) para o fortalecimento das rotas turísticas estratégicas do Brasil. Desse modo, o Programa “Investe Turismo” promete realizar ações que visam o aumento da qualidade da oferta turística nestas cidades.

Além de Ouro Preto e Mariana, que compreendem a Trilha do Ouro, outros sete municípios mineiros também serão contemplados. São eles: Belo Horizonte, Brumadinho, Diamantina, Sabará, Congonhas, São João Del Rey e Tiradentes.

Dentre as ações planejadas pelo projeto estão o fortalecimento da governança, marketing e apoio à comercialização através de campanhas, atração de investimentos, apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento e promoção de serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas.

Investe Turismo

O programa é uma parceria entre o MTur, por meio da Embratur, Sebrae e governo de Minas.

Na última quarta-feira (30), aconteceu o Seminário Itinerante do Programa Investe Turismo, na capital mineira. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, participou da abertura do evento, que discutiu oportunidades de políticas públicas para potencializar o desenvolvimento da atividade turística em Belo Horizonte e cidades históricas de Minas.

Ouro Preto e Mariana serão beneficiados por programa que fortalece o turismo
Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, apresenta o programa Investe Turismo em Belo Horizonte – Crédito da foto: Roberto Castro/MTur

Álvaro Antônio, que é natural de BH, falou das atrações turísticas de Minas Gerais, como rotas, gastronomia, cultura e história. O ministro divulgou uma série de novidades para o estado, como a realização do Prêmio Nacional do Turismo, a comemoração do Dia Mundial do Turismo em 2020 e a vinda para BH da Wakalua, maior incubadora de startups do mundo e primeiro hub de inovação criado pela Organização Mundial do Turismo (OMT).

Além disso, Minas Gerais vai receber um projeto piloto para estimular e profissionalizar o turismo rodoviário no Brasil. “Já está em discussão com a BH Airport a criação de um terminal rodoviário dentro do aeroporto de Confins. Por ele, será possível, por exemplo, fazer rotas turísticas pelo estado”, afirmou o ministro.

Ao todo, serão investidos cerca de R$ 200 milhões em 30 rotas, localizadas em 157 municípios, de todas as regiões brasileiras.

Mariana

O município de Mariana é a primeira capital de Minas Gerais. Assim como Ouro Preto, sua economia também é baseada no turismo e na mineração.

Na divisa entre as cidades de Mariana e Ouro Preto, se encontra um dos pontos mais altos do município e um importante ponto turístico: o Pico do Itacolomi. Outro ponto turístico se encontra em Passagem de Mariana, que é a Mina da Passagem, maior mina aberta à visitação do mundo.

Além disso, Mariana é palco de inúmeros eventos culturais, que fortalecem a economia local e ajudam a trazer mais visibilidade à cidade, que muitas vezes é conhecida somente pela tragédia do rompimento da Barragem do Fundão, em 2015.

Segundo o secretário de Turismo de Mariana, Efraim Rocha, o Programa Investe Turismo ainda está em fase inicial, mas já há um plano de turismo em desenvolvimento na cidade. Ele ressalta que o Programa é muito importante. “Primeiramente, vamos entrar com uma campanha forte para mostrar uma imagem nova de Mariana, que não está relacionada à cidade da lama”, disse Efraim.

O secretário ainda conta que a intenção é dar foco aos artistas, ao artesanato, à culinária e aos distritos marianenses: “Historicamente, a cidade foi bem conhecida pela exportação de ouro para o Império Português no século 18. Hoje, a primeira vila e cidade mineira é conhecida por sua riqueza cultural e beleza da arte colonial, sendo até cenário de novelas de televisão”, finalizou.

Ouro Preto

A cidade histórica de Ouro Preto, que já foi chamada de Vila Rica, foi capital de Minas Gerais e atualmente é considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO. Ouro Preto é um dos principais destinos turísticos do Brasil, possuindo muitas capelas e igrejas famosas, localizadas em pontos estratégicos.

Aniversário de 306 anos de Ouro Preto – Crédito da foto: Maic Costa/Mais Minas

Deste modo, a economia da cidade é fortemente movimentada pelo turismo e mineração.  Com inúmeros museus e igrejas, um final de semana em Ouro Preto não é o suficiente para conhecer todos os pontos turísticos.

A Praça Tiradentes é o centro de Ouro Preto e abriga o famoso Museu da Inconfidência, que preserva uma parte importante da história do país. Também é possível fazer passeios turísticos naturais pela cidade, como trilhas, cachoeiras, parques e mirantes.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários