Fundação Renova
Fundação Renova

Ministra Damares Alves nega sua saída do governo de Jair Bolsonaro

Na manhã desta sexta-feira (03), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, negou que teria pedido demissão ao presidente da República, Jair Bolsonaro. A declaração de Damares foi feita durante uma entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News.

Damares ainda enfatizou que as informações que circulavam a respeito de sua saída do governo não passavam de um mal-entendido. Segundo a ministra, em conversas com jornalistas, ela teria afirmado que ficaria no governo “até onde a minha saúde aguentar”, o que pode ter gerado diferentes interpretações.

 

Entenda o caso

Segundo algumas informações que circularam na mídia na manhã desta sexta-feira (03), a ministra teria feito um pedido de demissão ao presidente Jair Bolsonaro para deixar a pasta que comanda devido à rotina estressante, problemas de saúde e ameaças de morte.

A informação foi divulgada pela revista Veja que, através de uma reportagem, informou que Damares chegou a abandonar sua residência em Brasília, passando a morar em um hotel cujo endereço é mantido em sigilo.

Além disso, por orientação do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), a ministra passou a não antecipar sua agenda de atividades e sua segurança foi reforçada.

A ministra Damares Alves é a estrela mais vistosa da constelação de evangélicos do universo político. Há alguns dias, ela se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro para discutir seu futuro. Depois de fazer um balanço das atividades do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares comunicou que vai deixar o cargo. Alega que está cansada e precisa cuidar da saúde, que anda debilitada”, diz parte da reportagem da Veja.

O texto ainda citou que Damares Alves avisou Bolsonaro que deixará o ministério apenas quando concluir os principais programas da pasta e, mesmo com a insistência do presidente, a ministra teria reforçado que permaneceria no cargo até, no máximo, dezembro deste ano.

Antes da entrevista concedida à Jovem Pan, Damares Alves já havia esclarecido as informações em seu perfil no Twitter. “Esclareço que não pedi para deixar o governo. Fico até quando o presidente Jair Bolsonaro quiser e Deus me der saúde. E olha, tenho muita. Também estou com muita disposição para ajudar a mudar o país”, escreveu.

Comentários
Carregando...