Lembrete sobre a importância de se colorir a vida

A nutricionista Franciele Santana explana sobre os valores nutricionais dos alimentos de acordo com a cor que nele se apresenta

PUBLICADO EM:

Você certamente já ouviu falar sobre a importância de uma alimentação variada e colorida. Mas o que tem a ver a cor dos alimentos colocados no prato com a qualidade nutricional da refeição?

As cores dos alimentos são determinadas por fitoquímicos, que são substâncias encontradas em alimentos de origem vegetal, que não são consideradas nutrientes, mas que podem ser responsáveis por importantes propriedades dos alimentos como, por exemplo, a capacidade de prevenir doenças.

Pode-se dividir os alimentos em grupos de acordo com as cores, sendo elas:  branca, vermelha, verde, amarela ou laranja, roxa ou preta e marrom.

Os alimentos brancos, como banana, batata, couve-flor e feijão branco são pigmentados pela antoxantina e são fontes de potássio e cálcio. Esses alimentos contribuem para a manutenção e fortalecimento dos ossos, regulam os batimentos cardíacos e são fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso muscular.

Os alimentos vermelhos, como tomate, morango, melancia e pimentão vermelho, possuem licopeno, que é o pigmento responsável pela coloração característica desse grupo. O licopeno associado à Vitamina C possui efeito antioxidante, atuando na prevenção do câncer e colaborando no tratamento do estresse.

Os alimentos verdes, como abacate, brócolis, kiwi e alface são pigmentados pela clorofila, que desintoxica o organismo e inibe os radicais livres, além de possuir atividade anticarcinogênica. Esses alimentos são importantes na prevenção da anemia devido ao fato de serem boas fontes de ferro. São também fontes de magnésio o qual atua na regulação do colesterol, dos níveis de insulina e no metabolismo do cálcio.

Os alimentos amarelos ou laranjas, como milho, cenoura e mamão são ricos em betacaroteno e vitamina C, e são importantes no reforço do sistema imunológico e no combate aos radicais livres. Também proporcionam benefícios para a pele e a visão

 A antocianina é um pigmento que dá cor aos alimentos roxos ou pretos, como ameixa, uva, beterraba e jabuticaba. Esses alimentos retardam o envelhecimento, auxiliam o sistema nervoso, e protegem o coração.

Já os alimentos marrons, normalmente são ricos em fibras, gorduras e vitaminas do complexo B. Alguns exemplos são os cereais integrais, nozes, lentilha e soja. Esses alimentos regulam o funcionamento do intestino e combatem doenças cardiovasculares.

Quando te disserem que sua alimentação será mais saudável quanto mais colorido for o seu prato, saiba que é devido ao fato de uma refeição colorida ser uma refeição com diversidade de componentes e consequentemente variados benefícios que são proporcionados não apenas pelos pigmentos presentes, mas por toda a combinação de alimentos e nutrientes. O que nos permite inferir que os benefícios das cores dos alimentos só existem quando falamos das colorações naturais, dessa forma, uma alimentação baseada em alimentos industrializados que possuem corantes artificiais na composição está bem longe do conceito de saudável.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,275FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
178SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários