Hospital da rede privada disponibiliza estrutura para combate ao coronavírus em Betim

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, visitou o Hospital Mater Dei em Betim, nesta quinta-feira (26), além do Hospital Regional da cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O Objetivo da visita é para vistoriar a situação dos leitos hospitalares, já que irá ser cedido as estruturas para receber pacientes infectados pelo novo coronavírus em estado grave. A ação visa realizar parcerias com instituições de saúde da rede privada e hospitais municipais, afim de ampliar o número de leitos disponíveis no estado.

O Mater Dei Betim disponibilizou quatro andares que não estavam sendo utilizados para tratar pessoas infectados pelo novo coronavírus. O lugar já possui estrutura de ressonância, tomografia e exames respiratórios. Já o Hospital Público Regional de Betim Professor Osvaldo Franco cedeu o Centro Materno-Infantil, que acabou de ser finalizado em um prédio anexo. A área construída contará com uma estrutura de 120 leitos.

Os profissionais que irão trabalhar nas estruturas disponibilizadas pelos hospitais serão cedidos pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) e empresários vão custear os equipamentos durante a crise.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), Flávio Roscoe, também acompanhou as vistorias e colocou o setor à disposição para ajudar a ampliar a capacidade de atendimentos da Região Metropolitana.

Também participaram das visitas o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral; o prefeito de Betim, Vittorio Medioli; o presidente do Mater Dei, Henrique Salvador; a diretora-geral do Hospital Regional de Betim, Patrícia Evangelista; o presidente da MRV, Rafael Menin; entre outras autoridades.

Até o momento, a cidade de Betim confirmou dois casos de coronavírus, 338 são suspeitos e 30 já foram descartados.

Coronavírus em Minas Gerais

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG), divulgou novos números do novo coronavírus (COVID-19) nesta quinta-feira (26). O balanço mostrou que, em apenas um dia, Minas Gerais registrou a confirmação de mais 20 novos casos da doença no estado. Seis deles foram confirmados em Belo Horizonte, capital mineira.

No total, agora são 153 casos confirmados e 17.409 casos investigados como suspeitos em Minas Gerais. Em Belo Horizonte, o número passou de 90 para 96 confirmados de quarta (25), para quinta-feira (26).

Veja as cidades mineiras com casos já confirmados:

  • Belo Horizonte: 96
  • Betim: 3
  • Boa Esperança: 1
  • Bom Despacho: 1
  • Campos Altos: 1
  • Contagem: 2
  • Coronel Fabriciano: 1
  • Divinópolis: 2
  • Governador Valadares: 1
  • Ipatinga: 1
  • Juiz de Fora: 8
  • Lagoa da Prata: 2
  • Mariana: 2
  • Nova Lima: 11
  • Patrocínio: 1
  • Poços de Caldas: 1
  • Sabará: 1
  • São João Del Rei: 1
  • Sete Lagoas: 2
  • Timóteo: 1
  • Uberaba: 3
  • Uberlândia: 7
  • Município em investigação: 5
Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,302FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
181SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários