Globo exibe o filme ‘Jason Bourne’ no Cinema Especial desta quarta-feira (20)

PUBLICADO EM

A Globo exibe hoje (20), logo após a novela “Fina Estampa”, o filme “Jason Bourne” no Cinema Especial. Matt Damon no papel-título e Paul Greengrass como diretor novamente assumiram o comando da franquia de agentes secretos, que chegou ao mundo logo após os ataques de 11 de setembro. Este é o quinto filme da série “Bourne” e a sequência do filme de 2007, “O Ultimato Bourne” (“The Bourne Ultimatum”).

Dezoito anos atrás, “A Identidade Bourne” (“The Bourne Identity”) chegou ao cinema e, de fato, o mundo era diferente. Naquela época, no ano seguinte aos ataques de 11 de setembro, novos heróis eram necessários – e o público os encontrou na TV com Jack Bauer na série de TV “24 horas” e no cinema com Jason Bourne.

Anos depois, Damon e o diretor Paul Greengrass agora estão retornando à franquia. O filme não deixa dúvidas de que o ex-agente secreto que deu o título chegou agora aos dias atuais: Bourne permanece – como sempre entre lutadores solitários silenciosos e traumatizados no cinema.

Poderia continuar assim se sua ex-colega Nicky Parsons (Julia Stiles) não tivesse encontrado novas informações sobre o passado de Bourne e seu pai enquanto procurava a verdade ao invadir documentos secretos da CIA. É claro que a ambiciosa investigadora da CIA Heather Lee (Alicia Vikander, no papel mais interessante do filme) e sua superior Dewey (Tommy Lee Jones) farão com que Bourne saia de seu esconderijo para uma reunião, e é por isso que um assassino profissional (Vincent Cassel) é condenado em Atenas. Mas Bourne permanece indescritível e logo se torna aparente que seus perseguidores estão buscando objetivos diferentes. Enquanto Lee está apostando para colocar Bourne de volta ao trabalho, Dewey quer tirá-lo do caminho, principalmente pelos novos programas secretos.

Paul Greengrass tinha como condição para Damon retornar trazê-lo para a realidade de hoje. Aludindo às grandes revelações de Assange ou Snowden, ele criou um thriller de conspiração, privacidade e proteção de dados nos dias de hoje, uma subtrama sobre um guru digital de sucesso (Riz Ahmed) é inevitável, na qual a CIA tem seu próprio interesse. Infelizmente, uma história realmente emocionante resulta apenas parcialmente de todas essas coordenadas. Os filmes anteriores ganharam tensão com o jogo de gato e rato, intrigas e conspirações no serviço secreto e a ignorância de Bourne sobre o passado, esses elementos de “Jason Bourne” agora são claramente negligenciados. Em vez disso, o herói do título persegue alternadamente sempre com a cabeça baixa, mas raramente seguindo um plano sofisticado.

Isso não é chato, mas, em última análise, não é suficiente para as expectativas alimentadas pelo longo intervalo. Até a câmera portátil inquieta – a marca registrada de Greengrass, com a qual ele modelou o cinema de ação desde então – finge ser mais rápida do que o enredo pode resgatar.

Assista o trailer:

Comentários

destaque

Em Lafaiete, polícia prende suspeito de tráfico que roubou duas espadas em Congonhas

A Polícia Militar (PMMG) realizou, nessa quarta-feira (29), o cumprimento de Mandado de Busca e Apreensão no bairro Santa Cruz, em Conselheiro...

Em cartaz: confira os filmes que serão exibidos na Globo esta semana (3 a 7 de agosto)

Os filmes da TV aberta são uma ótima opção para aproveitar o tempo com a família, principalmente durante a quarentena. De clássicos...

EDITORIAS POPULARES

Comentários