Fundação Renova
Fundação Renova

Enxoval do bebê – 5 dicas de itens indispensáveis para você criar sua lista

O enxoval do bebê é muito importante, pois ele vai definir os estilo de roupa, berço, acessórios, calçados, enfim, tudo o que estará relacionado ao seu pequeno no dia a dia.

Numa visão geral, as meninas possuem mais acessórios a serem pensados com relação aos meninos, tudo depende muito do minimalismo dos pais.

É sempre bom lembrar que tem itens que são indispensáveis, em breve escreveremos sobre isso aqui no Mais Minas, mas já adianto que tem algumas coisas que encontramos nas listas de enxovais que acabamos nem usando no bebê , então se torna um gasto sem sentido, fique atenta(o) a isso.

Outra coisa, não existe uma lista perfeita de enxoval na qual você deva se basear, existem várias opções na internet, mas, vários fatores podem influenciar, como a sua condição financeira, quantidade de vezes que você pretende lavar as roupinhas do bebê, época do ano em que ele vai nascer, enfim, você vai se ajustando e montando baseada(o) nessas necessidades.

É normal que os pais fiquem um pouco perdidos na hora de comprar o enxoval.  É preciso pesquisar preços, não tem mágica, compor o enxoval cansa mesmo, mas, é uma delícia.

Nós separamos um top 5 dos itens indispensáveis para compor o enxoval do bebê que irá te ajudar nessa empreitada, então vamos lá!

1 – Panos de Boca

Kit fraudinha de boca amarelo.
Kit fraldinha de boca amarelo (foto: divulgação/Elo7).

Talvez você não saiba, mas o recém nascido gorfa muito, principalmente após a mamada, é bom ter bastante pano, eles precisam estar disponíveis na sua bolsa, ou pela casa, enfim, além de gorfar a criança baba bastante também.

Existem vários tipos de panos de boca, existem os panos mesmo e tem as toalhinhas, então cabe a você saber qual prefere.

Uma média de 15 panos(toalhas) é uma boa quantidade para você passar por essa fase.

Além dos panos, nós te indicamos adquirir também aquelas fraldas de pano, uma média de 8 fraldas de pano é o suficiente, elas vão te auxiliar a secar o bebê quando sai do banho, secar se entornar alguma coisa que caia sem querer, enfim, auxilia em uma série de possibilidades.

  • Panos de boca (ou toalha):  15;
  • Fralda de pano: 8.

2 –  Cueiro

Bebê enrolado em cueiro (charutinho).
Bebê enrolado em cueiro (charutinho) (foto: divulgação/My Baby Blue Blogg).

Cueiro é um item importante para compor o enxoval da criança. Talvez você nunca tenha ouvido falar sobre ele, mas ele é muti utilizável.

O cueiro é como se fosse uma mantinha em tecido flanelado, ele é bem macio e pode ser usado até os 3 meses do bebê Inicialmente ele é usado para forrar alguma superfície para deitar a criança, serve também para forrar o carrinho, o bebê conforto do supermercado por exemplo, ou cobrir o nenê se não estiver muito frio. Com o cueiro você pode fazer um charutinho com o (a) pequeno(a) dentro, então ele tem diversas funções.

Uma média de 6 cueiros é o suficiente para você passar por essa fase.

Cueiro: 6.

3 –  Manta e cobertores
Manta recém nascido.

Não são itens que você precisa investir em grande quantidades, entretanto, não são indispensáveis, independente da estação que o seu bebê for nascer , ele vai usar manta ou cobertores, pois constantemente os pais de recém chegados levam a criança em hospitais, clínicas,  shoppings, enfim, diversos ambientes onde o ar condicionado fica constantemente ligado.

E vamos combinar, bebês sentem frio mesmo, porque estão acostumados a ficarem dentro da barriga protegidos, então, até se adaptarem com o mundo externo, sempre temos que fornecê-los essa proteção, do contrário, seria uma mudança muito brusca a um ser tão pequeno.

Então a dica é: se o bebê nasce no verão, você pode comprar 1 manta mais fina, de fibra por exemplo, e 1 cobertor. Evite cobertores com muitos detalhes, como lacinhos, bichinhos, etc, não é confortável para a criança, imagina se ao dormir você se cobrisse com um cobertor cheio de bibelôs, iria gostar? Da mesma forma são os pequenos.

Se nascer no inverno, você vai precisar investir em uma maior quantidade de mantas e cobertores, porque além do fator clima, existirá o fator “secar a roupa”. A ausência do sol pode impossibilitar que a coberta do bebê seque a tempo, e isso pode deixá-lo exposto ao frio. Então é bom ter reserva, uma faia de 3 cobertores e 2 mantas seriam ideal. Lembrando que produtos antialérgicos são importantes para garantir a saúde respiratória da pequena (o).

Verão: 1 manta e 1 cobertor.
Inverno: 3 cobertores e 2 mantas.

4 – Meias

Meia Sapatilha para criança.
Meia Sapatilha para criança (foto: divulgação Mini de Dois).
Meia sapatilha masculina.
Meia sapatilha masculina foto: divulgagção/ Galerinha Chique).

Quando é anunciada a chegada de um novo membro na família, todo mundo mentaliza aquela foto clichê da barriga com um sapatinho. O que ninguém imagina é que sapatinho para os recém nascidos pode ser muito desconfortável.

Imagina, você é gestado por 9 meses sem usar nada, de repente você chega ao mundo e já vão te colocando um sapato com um tecido super desconfortável, você gostaria? Então mais uma vez eu faço esse apelo, sempre se coloque no lugar do seu (a) filho (a), para entender as necessidades dele(a). Isso vale também para tiaras, lacinhos e bonés.

Entendemos que existem aquelas mamães que ficam loucas para deixarem seus pequenos mais fashions, nada contra isso, contudo, o conforto da criança deve estar acima de tudo, pois é tudo novo pra ela.

Uma dica são aquelas meias que tem um elasticosinho em cima, geralmente elas são estampadas, então, dá para você combinar looks sem agredir o bebê.

Geralmente os pequenos sentem muito frio nas extremidades e, o pé sendo uma delas, deve estar sempre coberto. Meias básicas também são uma boa.

Uma quantidade legal de meias para o enxoval seria 10, visto que o bebê cresce muito rápido, então se você compra uma grande quantidade de meias, pode perdê-las bem rápido.

Meias – 10.

5 –  Bodys 

Kit Body infantil.
Kit Body infantil (foto: divulgação/ Riachuelo).

Antigamente usava-se bastante aqueles pagõezinhos nos recém nascidos. Alguns eram tipo descartáveis, tão pequenos que a criança chegava a usar uma vez só e no outro dia já não cabia mais.

Com a chegada dos bodys, os pagãos foram um deixados de lado da lista de enxoval, já que o body é super prático. É uma peça só que você veste o bebê e depois pode colocar o resto da roupa em cima, sem contar que na hora de trocar a fraldinha, é só desabotoar o body por baixo e realizar a troca.

Body é vida! E você pode investir bastante neles. Tem malhas mais finas, outros mais grossinhos confeccionados com material 100% algodão, então cabe a cada um escolher os seus.

Geralmente para o primeiro mês você vai usar o tamanho RN, então 6 bodys tamanho RN serão suficientes.

Depois do tamanho RN, já no segundo mês os pequenos começam a usar o tamanho P, então você pode adquirir uma faixa de 15 bodys, variando entre manga curta, cavada ou cumprida, de acordo com a estação. E assim sucessivamente até chegar ao tamanho GG.

  • Body tamanho RN: 6.
  • Body tamanhos P, M, G e GG: 20.

Espero que essas dicas tenha elucidado um pouco a mente dos papais de plantão. A té a próxima!

@elisbohrer

Leia também: 5 dicas para cuidar de bebê recém nascido.

Comentários