Em momento de isolamento, CVV busca ajudar população; saiba como fazer parte

PUBLICADO EM:

Em decorrência do novo coronavírus (COVID-19), a população brasileira está realizando um isolamento social. Essa ação, feita para prevenir o contágio e a proliferação do vírus, pode acarretar, muitas vezes, em sentimentos de solidão e tristeza. Sendo assim, o Centro de Valorização da Vida (CVV), possui um telefone de contato para que as pessoas procurem por ajuda.

O Centro, muito divulgado durante a campanha do setembro amarelo, realiza apoio emocional gratuito e sigiloso. Além disso, é possível entrar em contato por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias. Muitos brasileiros estão durante a quarentena sozinhos, ou distantes da família, o que pode ser emocionalmente difícil. Segundo informações do G1, já foi constatado pelo CVV, ligações de pessoas que se queixam da solidão no atual momento.

Além de poder buscar ajuda, o Centro recebe voluntários que estejam dispostos a doar seu tempo para conversar com outras pessoas de forma anônima e sigilosa. Para fazer parte do programa de apoio emocional, é necessário ter mais de 18 anos de idade e pelo menos quatro horas disponíveis por semana.

Caso atenda aos requisitos e tenha vontade de ajudar pessoas, você deverá participar de um curso gratuito online ou presencial, que ajudará na sua preparação. Depois disso, será possível atuar no atendimento por telefone, voip ou chat.

Para realizar sua inscrição, clique aqui ou entre em contato pelo e-mail [email protected]

Saiba mais sobre o CVV

Quando devo procurar o CVV?

Sempre que precisar conversar e ser ouvido sem julgamentos, quando precisar de apoio emocional, ou quando estiver se sentindo triste ou angustiado.

Existe possibilidade de eu não ser atendido pelo número 188?

O 188 possui um sistema que permite que, por exemplo, ligações realizadas de Minas Gerais, sejam atendidas por voluntários de outros estados disponíveis. Essa ação, além de reduzir o risco de não ser atendido, evita que regiões com menos procura fiquem sem voluntários para atendimento.

Como garantir que minha conversa não será divulgada?

Os voluntários do CVV foram selecionados e preparados para fazer parte do atendimento com total sigilo.

Leia também: Em quarentena, artistas mineiros fazem live com shows musicais

Comentários

RELACIONADOS

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários