Em BH, mulher que sofria ameaças do ex namorado, é encontrada morta dentro da geladeira de casa

PUBLICADO EM

Foi encontrado ontem (15) o corpo de uma mulher de 30 anos, dentro da geladeira de um apartamento, no bairro Planalto, na Região Norte de Belo Horizonte. Segundo informações, a vítima já havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-namorado.

A vítima e seu ex-marido eram casados apenas no papel e não moravam mais juntos. A separação não estava oficializada e o casal não se encontrava desde o dia 15 de junho. O último contato havia sido apenas por telefone, há uma semana. De acordo com a Polícia, o homem teria achado estranho o sumiço da ex-mulher e resolveu ir até o apartamento.

O ex-marido, que é caseiro em um sítio em São José da Lapa, não tinha a chave do apartamento, por morar onde trabalha. Assim, como não conseguiu abrir a porta, chamou o irmão e a cunhada para ajudar, entretanto, também sem êxito. Em seguida, foi chamado um chaveiro para conseguir entrar no imóvel.

Ao entrar no local, ele percebeu que a geladeira estava virada para a parede e lacrada com uma fita adesiva. Ao desvirar e abri-lá, encontrou o corpo da mulher, acionando a Polícia Militar logo em seguida.

Segundo informações da PM, a mulher usava um vestido e estava sem peças íntimas, o que indica a suspeita de estupro. Além disso, ela apresentava sinais de estrangulamento e hematomas pelos braços e rosto.

Segundo a nota emitida pela Polícia Civil, será determinado o dia e a causa da morte da vítima após exame de necropsia. A geladeira do apartamento manteve-se ligada, conservando o corpo, que não entrou em decomposição.

As testemunhas que entraram no apartamento junto com o ex-marido foram encaminhadas para a delegacia.

Leia também: Em MG, vítimas de violência doméstica podem registrar boletim de ocorrência através de delegacia virtual

Boletim de ocorrência contra o ex-namorado

De acordo com a PM, em junho, a vítima teria feito uma denuncia, por violência doméstica, sobre um homem de 26 anos, com quem ela vinha mantendo uma relação extraconjugal por cerca de quatro meses.

No boletim de ocorrência (BO), ela registrou que após se separarem, o namorado não teria aceitado o fim do relacionamento, ameaçando se matar e também ameaçando os familiares dela.

Ainda segundo a PM, a mulher, que trabalhava como balconista em uma rede de fast food no bairro Guarani, foi vista no local, pelos colegas de trabalho, pela última vez na sexta-feira (10). O suspeito teria ido até o local no mesmo dia procurá-la.

Comentários
EDITORIA:

destaque

Skava Minas divulga vagas de emprego, para operadores e motoristas, na região de Ouro Preto

A Skava Minas, empresa que é referência nacional em soluções para mineração, escavação, carga e transporte de minério estéril, além de locação...

Uma pessoa é assassinada a tiros em Conselheiro Lafaiete

Na madrugada desta sexta-feira (31), por volta de 00h30, uma pessoa foi assassinada em cima de uma motocicleta na esquina Olegário Maciel,...

EDITORIAS POPULARES

Comentários