Cruzeiro vence, mas é eliminado do Campeonato Mineiro e terá que disputar o Troféu Inconfidência

PUBLICADO EM

O Cruzeiro jogou contra a Caldense na noite dessa quarta-feira (29) e venceu por 1 a 0, com gol marcado pelo Régis, que mostrou qualidade nos últimos dois jogos. Entretanto, como o seu rival também triunfou, a Raposa precisava ganhar por três gols de diferença para seguir à segunda fase do Campeonato Mineiro. Não conseguindo esse feito, o time celeste disputará o Troféu Inconfidência e próximo adversário é o Patrocinense no próximo domingo (2).

A Raposa iniciou muito bem a partida contra a Caldense, abrindo o placar logo aos 15 minutos com Régis. O Cruzeiro continuou tentando, mas as péssimas condições do gramado do estádio Ronaldão dificultaram que o time azul implementasse ritmo eletrizante dentro de campo.

“Frustração enorme, dentro do que a gente tinha de perspectiva. Mas como eu sempre falo: não importa como começa, importa como termina. Ano passado, o time foi campeão mineiro e, no final da temporada, foi complicada e difícil”, disse o técnico Enderson Moreira após o jogo.

Ao ser perguntado sobre desorganização da equipe, Enderson discordou e teceu críticas às condições do gramado.

“Não achei que foi desorganizado. Discordo completamente. Talvez em campo melhores condições, poderia acelerar algumas jogadas. Num determinado momento do jogo, o lado emocional pesa muito mais. Equipe tinha, na verdade, aquela ânsia de poder tentar o gol, aí perde a organização”, disse o treinador.

Baixa

Após ficar de fora do jogo contra a URT no último domingo (26), por problemas gastrointestinais, Marcelo Moreno foi titular contra a Caldense na noite de ontem. Mas o boliviano acabou sendo substituído ainda no primeiro tempo, deixando o campo com dificuldades de caminhar.

De acordo com o departamento médico do Cruzeiro, Marcelo Moreno sentiu dores na região lombar logo no início da partida. Pelo fato do Cruzeiro precisar tanto marcar gols, o atacante tentou ficar em campo, mas acabou sendo substituído por Thiago, aos 41 minutos do primeiro tempo.

Troféu Inconfidência

Como o Cruzeiro ficou na quinta colocação, com 20 pontos, terá de competir o Troféu Inconfidência, que será disputado em semifinais e final, ambos em jogo único. O time celeste enfrentará a Patrocinense e, na outra semifinal, o confronto será entre Uberlândia e Boa Esporte.

Inicialmente, seriam partidas de ida e volta, mas a pandemia do novo coronavírus reduziu o número de datas disponíveis e a Federação Mineira de Futebol (FMF) decidiu encurtar o torneio. As datas dos jogos serão as mesmas das semifinais do Campeonato Mineiro, nos dias 2 e 5 de agosto.

Em caso de empate no tempo normal nas semifinais, será classificado o time de melhor campanha na primeira fase do Campeonato Mineiro, ou seja, Cruzeiro e Uberlândia têm a vantagem de jogar pela igualdade no placar. A final também seguirá o mesmo critério.

O técnico Enderson Moreira disse que conquistar o Troféu Inconfidência não é uma prioridade para o Cruzeiro. “É uma competição que, para nós, nos traz qualquer tipo de vontade em termos de conquista. Eu, particularmente, acho que temos uma competição daqui a dez dias, que é a Série B, que é o nosso objetivo. Vamos pensar o que vamos fazer ainda. A gente sempre pensou na classificação, mesmo sendo muito difícil. Não é fácil ganhar da Caldense aqui. Vamos pensar para frente”, disse o treinador ao canal Premiere.

Ficha técnica – Caldense 0 x 1 Cruzeiro

Motivo: 11ª rodada do Campeonato Mineiro

Data: Quarta-feira, 29 de julho

Local: Estádio Doutor Ronaldo Junqueira, Poços de Caldas – MG

Escalação da Caldense: Alyson; Gabriel Tonini, Jonathan, Lucas Mufalo e Rafael Rosa (Verrone); Lucas Silva, André Mensalão e Nathan; João Victor, Arthur (Franklin) e (João Pedro) Kaique Maciel. Técnico: Marcus Paulo Grippi.

Escalação do Cruzeiro: Fábio; Raúl Cáceres, Léo, Cacá e Patrick; Ariel Cabral, Jadsom (Jean); Maurício (Claudinho), Régis (Roberson) e Stênio (Welinton); Marcelo Moreno (Thiago). Técnico: Enderson Moreira.

Gol: Régis (Cruzeiro) 15 min 1º T

Cartões amarelos: Jonathan, Rafael Rosa, André Mensalão e Nathan (Caldense); Jadsom e Stênio (Cruzeiro).

Árbitragem: Ronei Cândido Alves, auxiliado por Marconi Helbert Vieira e Leonardo Henrique Pereira.

Comentários
EDITORIA:

destaque

Previsão do tempo para o final de semana é de frio e pancadas de chuva em Minas Gerais

O mês de agosto começa no final de semana, com previsão de tempo frio para praticamente todas as regiões de Minas Gerais....

Após goleada sobre URT, Cruzeiro se empolga em busca da classificação no estadual

O futebol voltou em Minas Gerais oficialmente nesse último final de semana com a 10º rodada do Campeonato Mineiro. O Cruzeiro enfrentou...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,447FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
191SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários