Cruzeiro teve a faca e o queijo na mão para deixar o Z4, mas ficou

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

A relação de amor entre o Cruzeiro e a zona de rebaixamento do Brasileirão já dura dez rodadas. Mas por mais que tudo pareça conspirar para salvar esses dois, o time mineiro não se ajuda. Esta foi mais uma rodada em que o time teve “a faca e o queijo na mão” para deixar o Z4, mas um gol do Fortaleza aos 38 do segundo tempo impediu o feito.

Na 17ª colocação, com 29 pontos, o time mineiro enfrentou o Fortaleza, no Mineirão, no sábado (26). Jogando muito melhor que o adversário, o Cruzeiro acumulou chances perdidas, mandou bola na trave e tudo mais, só conseguindo abrir o placar aos 35 da segunda etapa, com o lateral Orejuela. O resultado deixaria o Cruzeiro com 31 pontos. Contando com os outros resultados da rodada, o time mineiro teria iniciado a semana na 15ª colocação, um ponto acima da zona de confusão.

Teria. Pois três minutos depois de abrir o placar, o Cruzeiro levou o empate num lance confuso, no qual Wellington Paulista, que passou anos jogando pelo time celeste, empurrou para as redes. Esse foi o único chute a gol, se é que se pode chamar aquilo de chute a gol, do Fortaleza no jogo. Mais uma vez o clube estrelado dominou as ações da partida e mais uma vez frustrou o torcedor.

Para se ter uma ideia, do nono colocado para baixo, todos os times tropeçaram na rodada, sem contar com Avaí e CSA, que ainda não tinham tido seus jogos encerrados, contra os líderes Palmeiras e Flamengo, respectivamente, no momento de publicação dessa matéria.

Confronto direto

Na próxima rodada, o Cruzeiro tem outro confronto direto, dessa vez contra o Botafogo, fora de casa. Caso vença, o time celeste sai automaticamente da zona de rebaixamento, pois Ceará e Fluminense se enfrentam, no Nordeste.

Mas não é hora de pensar nos outros e sim no Cruzeiro, pois os rivais diretos não têm feito sua parte. O problema é que a Raposa também não.

Veja mais: Cruzeiro empata com o Fortaleza no Mineirão; veja a avaliação dos jogadores

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,248FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
177SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários