Criança diagnosticada com síndrome respiratória aguda grave morre em Belo Horizonte

PUBLICADO EM:

Uma criança de idade ainda não divulgada morreu nessa quarta-feira (25), em Belo Horizonte, após sofrer de síndrome respiratória aguda grave (SRAG). De acordo com a Unimed BH, a criança pode ter sido infectada pelo novo coronavírus.

O estado de Minas Gerais ainda não registrou nenhum óbito em decorrência da Covid-19. Ainda segundo a Unimed, uma amostra de sangue da vítima foi coletada e enviada ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde de Minas Gerais (Cievs-Minas), seguindo o protocolo do Ministério da Saúde. Caso a infecção seja confirmada, essa será a primeira morte pelo coronavírus registrado no estado.

A criança estava internada no Hospital São Camilo, localizado no bairro Floresta, em Belo Horizonte.

Outro caso 

Uma criança de 10 anos que sofria de asma morreu na última segunda-feira (23), em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. A Secretaria de Saúde da cidade investiga a causa da morte do menino, pois ele apresentou quadro de insuficiência respiratória. O resultado do exame está sendo aguardado e a causa ad mote está sendo investigada para Covid-19, além de outros vírus que atingem o sistema respiratório.

A família da criança está em isolamento domiciliar.

Covid-19 em Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais divulgou através do Informe Epidemiológico de hoje (26) que há 153 casos confirmados para o novo coronavírus no estado e 17.409 suspeitos. Belo Horizonte lidera o número de casos confirmados, que é de 96. Em segundo lugar está Nova Lima, com 11 testes positivos para o coronavírus, seguido por Uberlândia, que somatiza 7 casos confirmados.

Confira as cidades onde há casos confirmados para o coronavírus:

Belo Horizonte – 96 casos
Betim – 3 casos
Boa Esperança – 1 caso
Bom Despacho – 1 caso
Campos Altos – 1 caso
Contagem – 2 casos
Coronel Fabriciano – 1 caso
Divinópolis – 2 casos
Governador Valadares – 1 caso
Ipatinga – 1 caso
Juiz de Fora – 8 casos
Lagoa da Prata – 2 casos
Mariana – 2 casos
Nova Lima – 11 casos
Patrocínio – 1 caso
Poços de Caldas – 1 caso
São João Del Rei – 1 caso
Sete Lagoas – 2 casos
Timóteo – 1 caso
Uberaba – 3 casos
Uberlândia – 7 casos
Em investigação – 5 casos

Embora o presidente do Brasil Jair Bolsonaro tenha instruído aos brasileiros a voltarem a trabalhar e estudar normalmente, a orientação da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais continua orientando aos mineiros que fique em casa para evitar a proliferação do vírus.

Comentários

RELACIONADOS

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários