Coronavírus faz Ministério da Saúde antecipar campanha de vacinação contra Influenza

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

No intuito de descartar a Influenza na seleção dos casos do novo coronavírus, o Ministério da Saúde vai antecipar a campanha de vacinação contra a popularmente chamada de gripe suína para março deste ano.

A campanha que iria começar em um período mais próximo do inverno, agora irá começar no dia 23 de março. Nessa primeira etapa da campanha serão imunizadas gestantes, crianças de até seis anos de idade, mulheres com até 45 dias do pós-parto e idosos.

De acordo com Luiz Henrique Mandetta, atual ministro da Saúde, serão distribuídas 75 milhões de doses da vacina. A antecipação da campanha só está sendo possível devido a união da Saúde com o instituto Butantan e a Agência de Vigilância Sanitária. A medida foi tomada diante da situação de Emergência Internacional de Saúde Pública pelo coronavírus.

Ainda segundo o ministro, ainda que a vacina não imunize contra o novo coronavírus, ela pode ajudar os profissionais da saúde a descartarem as influenzas no momento da triagem, o que pode trazer um diagnóstico mais precoce para o coronavírus.

Após a vacina do primeiro grupo ser concluída, outros grupos serão inclusos, como adultos, crianças acima de seis anos e adolescentes. “Desta forma espera-se que o vírus tenha menor propagação”, disse Luiz Henrique Mandetta em coletiva de imprensa realizada em São Paulo (SP), nessa quinta-feira (27).

A vacina em questão previne contra três tipos de vírus influenza, que são os que mais circularam no Brasil em 2019, são eles: influenza A, Influenza B e Influenza C.

Coronavírus

Um caso de coronavírus foi registrado no Brasil na última terça-feira (25) e outros 182 estão sendo investigados em 16 estados brasileiros.

Dois dos 182 casos investigados são de pacientes que estão internados em Belo Horizonte, ambas mulheres, sendo uma delas está sob supervisão do SUS e outra de saúde privada.

Até o momento o coronavírus já infectou 15 países, incluindo a China, onde a epidemia é mais crescente.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,242FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários