Como você está cuidando da sua saúde renal?

PUBLICADO EM

EDITORIA:

Toda segunda quinta-feira do mês de março comemora-se o dia Mundial do Rim. Neste ano de 2020, o foco da campanha é prevenir a ocorrência de doenças renais, bem como evitar progressão da doença quando já instalada; para tanto lançou-se como lema: “Ame seus rins, dose sua creatinina!”, visto que o exame de creatinina no sangue e na urina são procedimentos de baixo custo e importantes para o diagnóstico de doenças renais.    

A principal função do rim é a purificação do sangue por meio da eliminação de toxinas e substâncias desnecessárias ao organismo. Além dessa função de filtragem, os rins também atuam na produção de hormônios.

Uma das doenças renais mais comuns é o cálculo renal, também conhecido como litíase renal ou popularmente como pedra nos rins, o que consiste na formação de cristais nos rins os quais são formados pelo acúmulo de substâncias como cálcio, ácido úrico, oxalato ou cistina no aparelho urinário (rins, ureteres, bexiga e uretra).

Além da predisposição a esse problema, existem outros fatores que podem provocar o surgimento das pedras, dos quais podemos citar:

  • Dieta rica em proteína animal e grandes quantidades de sal, como por exemplo o churrasco, devido ao fato de que o alto teor de sódio aumenta a excreção urinária de sais, como cálcio e oxalato, aumentando, assim, o risco de formação de cálculo renal, e;
  • Baixa ingestão hídrica, visto que a urina atua na eliminação de cristais sólidos de sais e minerais; dessa forma quando a ingestão de líquidos ocorre em baixa quantidade a urina fica mais concentrada, aumentando, dessa forma, a concentração desses cristais e a chance de se formarem os cálculos renais.

Por outro lado, a ingestão de bebidas cítricas, como sucos naturais de limão e laranja ajudam a prevenir as pedras nos rins, visto que essas frutas são ricas em citrato, o qual inibe a formação dos cálculos renais. Além disso, o consumo de alimentos ricos em potássio como banana, beterraba e leguminosas, por exemplo, também promove esse efeito protetor.

Sabendo dos cuidados necessários para manter o nosso rim funcionando perfeitamente e da importância disso, é essencial que cultivemos os hábitos considerados protetores da saúde renal ao mesmo tempo que deixamos de praticar aqueles que podem ser prejudiciais, visto que a prevenção é consideravelmente menos onerosa que o desenvolvimento de qualquer doença, bem como seu tratamento.

Leia também:

Comentários

destaque

Justiça determina pagamento de auxílios a aposentado atingido por barragem, em Mariana (MG)

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) determinou em caráter liminar o pagamento retroativo do auxílio assistencial de emergência e de...

O preconceito velado na alimentação

A rejeição por alimentos desconhecidos é recorrente no dia a dia. É comum que se presencie situações em que ocorre um preconceito sobre determinado alimento,...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,320FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
182SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários