Com novidades, Atlético vive expectativa do retorno da temporada

PUBLICADO EM:

Com a parada para a Copa América, o Atlético iniciou sua intertemporada no dia 24 de junho. Com ela, surgiram algumas novidades no plantel da equipe. Como o retorno do já conhecido Rómulo Otero que estava emprestado ao futebol árabe, a chegada do lateral esquerdo uruguaio Lucas Hernández que atuava no Peñarol-URU, e do volante paraguaio Ramón Martínez que veio do Guarani-PAR. Outro que desembarcou na Cidade do Galo foi o atacante Bruno Silva que veio de empréstimo da Chapecoense até janeiro de 2020.

E ainda, outra novidade surgiu na comissão técnica do Galo: Rodrigo Santana foi efetivado como novo treinador do clube. Portanto, o novo professor deixa o cargo de interino que exercia até então. Rodrigo passou por quatro meses ainda sem saber se era o nome que ocuparia o cargo, mas desempenhou um bom papel. O time alvinegro ocupa, atualmente, a quinta colocação no Campeonato Brasileiro com 16 pontos, está nas quartas de final da Copa do Brasil e nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Com novidades, Atlético vive expectativa do retorno da temporada
Rómulo Otero já voltou aos treinamentos com o elenco atleticano – Crédito da foto: Bruno Cantini/Atlético

O que esperar do Atlético?

Mas o que esperar do retorno da temporada do Atlético? O time irá ter queda de rendimento assim como ano passado, quando houve a parada para a Copa do Mundo? Os reforços terão vaga na equipe titular? Bom, nós do Mais Minas fizemos um balanço para você, com os prós e os contras da parada para a Copa América e o que pode se esperar desse retorno.

Prós

O time alvinegro conta com quatro novos reforços, além da efetivação do treinador Rodrigo Santana. E ainda, o descanso para os jogadores, já que disputam três competições e o calendário é apertado. Outro fator positivo é a manutenção de seus jogadores titulares, bem entrosados, até então.

Fora isso, o tempo para adaptação dos novos jogadores, sendo que três deles são estrangeiros, pode render bons frutos ao time. Portanto, a preparação em geral, com mais tempo, é interessante para o Galo, que tem seu retorno marcado já para o dia 11 de julho. O alvinegro fará clássico contra o Cruzeiro, válido pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Contras

O Atlético já viveu situação parecida no ano passado, quando vinha de boa fase na temporada, estando em terceiro lugar e tendo o então artilheiro do Campeonato Brasileiro, Roger Guedes. Entretanto, o próprio atacante foi vendido, assim como importantes peças do time titular na época. E ainda houve a lesão do volante Gustavo Blanco, revelação no período.

Outra coincidência é que a situação de efetivar um treinador interino não é novidade. Thiago Larghi ganhou o cargo de técnico efetivo após meses como interino, mas o bom desempenho na primeira metade do ano acabou causando uma pressão muito grande em cima do novato, o que acarretou na sua demissão em outubro daquela temporada. O Galo terminou o Campeonato Brasileiro de 2018 na sexta colocação.

Retorno da Temporada

O Galo terá, já de início, o primeiro confronto com o rival Cruzeiro, pela Copa do Brasil, valendo vaga para as semifinais da competição. É a partida mais importante da temporada, até então, para o Atlético. Por isso, a preocupação maior é em manter boas atuações que o clube vinha apresentando, já que seu adversário vive uma situação muito diferente. O Cruzeiro está na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, na décima oitava colocação, e vem de más atuações.

O time do Atlético, apesar de ter finalmente encontrado um padrão de jogo e dado sequência com a mesma formação, teve mudanças. Alerrandro parece ter ganhado a posição de Ricardo Oliveira. Os dois tem 13 gols e lideram a artilharia do Galo na temporada. Já no meio de campo, a disputa ficou acirrada com a chegada de Otero. Luan, Cazares e Chará estavam fazendo bons jogos, encaixados no padrão de Rodrigo Santana.

Provavelmente, de início, o trio será mantido, mas o banco ganha mais credibilidade, pois Maicon Bolt e Vinícius “Vina” não vem agradando os atleticanos. Já na lateral esquerda, Fábio Santos ganha concorrência, sendo este um pedido da torcida, pela falta instabilidade do titular dentro de campo. Portanto, a chegada de Lucas Hernández agrada o torcedor.

Com novidades, Atlético vive expectativa do retorno da temporada
Fábio Santos passa a ter um concorrente de peso no segundo semestre – Crédito da foto: Agência Galo/Clube Atlético Mineiro

Quem pode sair

Alguns jogadores que não renderam muito na temporada podem estar de saída do time mineiro. Entre eles estão o zagueiro Matheus Mancini, que foi liberado para acertar detalhes de contrato com o Académica de Portugal, e o meia Nathan, que ainda não teve seu contrato de empréstimo renovado e, por isso, não participa da intertemporada.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários