Comissão de Ética da Câmara de Mariana vai analisar ato de exibição de arma de fogo feita por vereador durante reunião

PUBLICADO EM

Por meio de Ato Normativo, a Câmara Municipal de Mariana instalou a Comissão do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar nessa quarta-feira, dia 27 de maio, após a repercussão do ato do vereador Deyvson Ribeiro, que sacou uma arma de dentro de uma bolsa durante a 16ª reunião ordinária de 2020 que acontecia de forma remota.

O presidente Edson Agostinho de Castro Carneiro (Cidadania) nomeou os vereadores Cristiano Silva Vilas Boas (PT), Gerson Teixeira da Cunha (PSD) e Ronaldo Alves Bento (PSB) para compor a comissão especial do Conselho de Ética do Legislativo. Os parlamentares têm o prazo de 45 dias para apresentar relatório sobre a conduta do vereador Deyvson Ribeiro (DEM) durante a 16ª Reunião Ordinária realizada pela Câmara Municipal na última segunda-feira, dia 25, por videoconferência.

O ato normativo entrou em vigor na data de sua publicação e os membros da comissão devem se organizar em presidente, relator e vogal para apreciar o ato com base nos dispositivos legais do Regimento Interno do Legislativo Marianense.

Em vídeo postado nas suas redes sociais, o vereador Dayvson pediu desculpas à população de Mariana e afirmou que pegou a arma “para limpar”.

Comentários

destaque

Quatro maneiras de economizar na decoração da casa

A decoração da casa além de deixar o ambiente mais aconchegante, entrega beleza. É muito bom poder acordar e olhar um ambiente...

Vereador de Mariana que exibiu arma de fogo durante reunião é absolvido de suspensão de 30 dias pela maioria dos vereadores

No dia 27 de maio de 2020, a Câmara Municipal de Mariana instaurou uma Comissão do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,354FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
181SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários