O Cabaré das Divinas Tetas é marcado por protestos contra preconceito e críticas ao prefeito Kalil

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

Uma das principais atrações LGBTQQI+ da Virada Cultural, O Cabaré das Divinas Tetas, se apresentou com muito gingado no Palco Parque Municipal. O evento foi marcado por performances artísticas, repúdio ao preconceito e críticas ao prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), pelo cancelamento do evento que seria marcado pela coroação da “Nossas Senhora das Travestis”.

Com grande participação do público LGBTQQI+, o evento que antecede o show de Moraes Moreira, foi utilizado para protestos contra a morte do público LGBT, pedindo o mínimo de direitos humanitários à causa. Entre uma atração e outra, pessoas do público eram chamadas ao palco para darem seu depoimento.

Um dos fatos que marcaram a apresentação foram as críticas ao prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil. A revolta dos participantes vem, principalmente, da incoerência do político, que após discurso de apoio às causas LGBT na parada que aconteceu no último dia 14, vetou a performance que coroaria a “Nossa Senhora das Travestis”. Mesmo com o veto, a performance foi realizada hoje.

Uma mulher passou mal durante a performance e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

* Reportagem de Karina Peres e Yuri Simões.

Você pode gostar também:

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,251FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
177SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários