Bolsonaro faz declaração polêmica sobre governador do Maranhão: “O pior”

PUBLICADO EM

O presidente Jair Bolsonaro causou indignação e revolta, mais uma vez, na última sexta-feira (19). Informalmente, uma conversa de Bolsonaro com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, foi captada por microfones quando os dois sentaram à mesa com jornalistas e veículos estrangeiros em café da manhã no Palácio do Planato. Na parte captada, Bolsonaro critica o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), ao falar “Daqueles governadores de ‘paraíba’, o pior é o do Maranhão”. Além disso, também aconselhou o ministro da Casa Civil, a ‘não dar nada a ele’, dizendo “Não tem que ter nada para esse cara”, afirmou o presidente.

Uma emissora pública ligada ao governo, a TV Brasil, é quem captou o áudio. Eles transmitiam o café da manhã ao vivo na íntegra. O restante da conversa é inaudível, fazendo com que não seja possível entender o contexto completo do que eles diziam.

Manuela D’Ávila postou em seu instagram o trecho da conversa e explicou o que significa o termo “Paraíba” usado por Bolsonaro:

A cantora Alcione também se pronunciou:

Governadores do Nordeste do país, por carta distribuída pela assessoria de Dino na noite de sexta-feira, consideraram a fala como uma forma de retaliação. Na carta, eles cobram explicações do presidente. Afirmam que receberam “Com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional”. E concluem “Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia”.

A nota ainda diz “Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população”.

Nas redes sociais, os governadores do Maranhão e da Paraíba também se posicionaram abertamente:

Leia a íntegra da carta:

“Carta dos Governadores do Nordeste

19 de Julho de 2019

Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.

Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.”

A assessoria de imprensa do Palácio do Planalto informou que não irá comentar.
Na próxima semana, Bolsonaro tem uma viagem prevista para o Nordeste,  onde participará da inauguração de um aeroporto em Vitória da Conquista, na Bahia.
Comentários

destaque

O Novo Normal

Desde quando o coronavírus se instaurou na sociedade, a nível mundial, o termo "novo normal" vem sendo dito, replicado e acoado na...

Mais mulheres ocuparão as cadeiras nas câmaras municipais?

As mulheres podem ser as protagonistas das Eleições 2020, caso as últimas decisões do Tribunal Superior Eleitoral (STE) sejam acatadas pelos partidos...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,403FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
182SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários