Barragem 5, da Mina da Mutuca, sobe para o nível 1 de emergência, em Nova Lima

PUBLICADO EM

A Vale informou que começou, nesta quarta-feira (29), o protocolo de emergência em nível 1 da barragem 5, da Mina da Mutuca, em Nova Lima, de forma preventiva. Segundo a mineradora, esse protocolo não determina a evacuação da população

“Tal protocolo é uma medida preventiva e consequência da mudança de critério técnico, com nova interpretação dos parâmetros de resistência realizado por etapa adicional de avaliação das estruturas da Vale no Brasil após a implementação, em janeiro deste ano, da função de Engenheiro de Registro (“EoR”)”, acrescentou a mineradora, em nota.

Foi informado pela Vale que a barragem de rejeitos foi construída com solo compactado, com um alteamento para jusante e que ela não recebe mais rejeitos de mineração. A mineradora assegura que, em inspeções mais recentes, não foram identificadas anomalias que comprometam a segurança da estrutura.

Conforme a mineradora, o acionamento do nível 1 da barragem 5, da Mina da Mutuca, “não impacta o plano de produção de 2020, conforme apresentado no Relatório Produção e Vendas do 2T20”.

Confira a nota da Vale na íntegra:

A Vale S.A. (“Vale“) informa que deu início hoje, de forma preventiva, ao protocolo de emergência em Nível 1 da barragem 5, da Mina da Mutuca, Nova Lima (Minas Gerais), protocolo este que não requer a evacuação da população a jusante da barragem. Essa barragem de rejeitos foi construída com solo compactado, com um alteamento para jusante e não recebe mais rejeitos de mineração.

Tal protocolo é uma medida preventiva e consequência da mudança de critério técnico, com nova interpretação dos parâmetros de resistência realizado por etapa adicional de avaliação das estruturas da Vale no Brasil após a implementação em janeiro deste ano da função de Engenheiro de Registro (“EoR”).

A partir de inspeções mais recentes, não foram identificadas anomalias que possam comprometer a segurança da estrutura. A barragem 5 teve sua Declaração de Condição de Estabilidade (“DCE”) emitida em 31 de março de 2020. Entretanto, a partir dos novos parâmetros observados, a DCE se tornará negativa.

O acionamento do Nível 1 da barragem mencionada neste comunicado não impacta o plano de produção de 2020, conforme apresentado no Relatório Produção e Vendas no 2T20.

Comentários
EDITORIA:

destaque

Com novo protocolo, veja o que muda no plano Minas Consciente

Nessa quarta-feira (29), o governador Romeu Zema (NOVO) divulgou as novas regras para o plano Minas Consciente, criado pelo Governo Estadual para...

No dia do aniversário de Mariana, faixas contra Samarco são colocadas em diversos pontos da cidade

Na última quinta-feira (16), Mariana completou 324 anos, mas para muitos não há muito a que comemorar. Esse é o caso dos...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,447FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
191SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários