Barbacena registra 167 casos de coronavírus em um único dia

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

Saltando de 86 para 253 casos confirmados do novo coronavírus entre os dias 22 e 23 de maio, a cidade de Barbacena, em um único dia, somou 167 novos registros de infecção. Até este domingo (24), não houve alteração no números de casos de sábado para domingo, que permanece em 253.

O aumento repentino no número de registros tem influência dos 90 casos confirmados na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar) no último sábado, após a Força Aérea Brasileira (FAB) realizar a testagem em todos os 507 alunos, inclusive assintomáticos, de forma a possibilitar a liberação segura. Os 90 alunos que tiveram resultado positivo representam 6% do efetivo total da Escola e, embora a instituição responda diretamente ao Ministério da Defesa e ao Alto-Comando da Aeronáutica, ela está localizada em Barbacena.

Contudo, a FAB informou que do total dos alunos confirmados com infecção do novo coronavírus, 83 não apresentam quaisquer sintomas e os sete restantes apresentam apenas sintomas leves, e que nenhum dos alunos necessitou ser hospitalizado. O órgão reforça que todos que testaram positivo foram direcionados ao isolamento social e receberam o tratamento preconizado pelas autoridades de saúde.

Apesar do elevando número de casos na cidade, a Prefeitura de Barbacena anunciou, na última sexta-feira (22), que a partir da próxima segunda (25) adotará a “onda branca” do plano “Minas Consciente”. O “Minas Consciente” é um programa do Governo de Minas que visa à possibilidade de flexibilização das medidas de isolamento social, de forma gradativa e responsável, buscando a normalização das atividades econômicas, sem que isso cause impacto negativo à situação da pandemia no Estado.

Ao aderir o programa, a Prefeitura de Barbacena deverá encaminhar, regularmente, ofício contendo informações atualizadas à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado. Por meio das informações enviadas, além dos dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG), as ondas são adequadas de acordo com o cenário apresentado, podendo avançar na reabertura gradativa ou retroceder, caso apresente resultados negativos. O monitoramento de dados epidemiológicos, leitos e ocupação são analisados diariamente. Curvas de tendências globais e regionais passam por análises semanalmente. Através destes dados, a cada 21 dias é feito o marco de tomada de decisões. A partir destes marcos, é determinada a onda adequada ao cenário.

O “Minas Consciente” classifica os setores econômicos em quatro “ondas”:

  • Onda verde – serviços essenciais;
  • Onda branca – baixo risco;
  • Onda amarela – médio risco;
  • Onda vermelha – alto risco (a serem liberadas para funcionamento de forma progressiva, conforme indicadores de capacidade assistencial e de propagação da doença).

O Decreto Municipal da Prefeitura de Barbacena, Nº 8.663, que dispõe sobre a progressão do município à Onda Branca ou Verde do plano “Minas Consciente” pode ser acessado neste link. Já a relação de atividades que podem ser liberadas em cada nível de segurança, às chamadas “ondas”, pode ser acessada clicando aqui.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,287FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
180SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários