Galo venceu bem, mas atuações de Gatito e Ricardo Oliveira evitaram que fosse melhor

PUBLICADO EM:

O Atlético largou bem nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Fora de casa, a equipe alvinegra venceu o Botafogo por 1 a 0 e agora carrega boa vantagem para o segundo jogo do confronto, que será disputado no Independência, na próxima quarta-feira (31).

Apesar da vitória, o torcedor do Galo tem motivos para reclamar. O time jogou bem, criou chances, foi incisivo e dominou o Botafogo. Por isso, o 1 a 0 pareceu injusto. E isso se deve, também, a atuação de dois jogadores: Gatito Fernández, goleiro do time carioca, e Ricardo Oliveira, centroavante do time mineiro.

Um dos melhores goleiros do país e destaque da última Copa América, Gatito foi uma muralha durante boa parte do jogo. Apesar de participar da falha que gerou o primeiro gol atleticano, o arqueiro paraguaio salvou o Botafogo em diversas oportunidades, frustrando o time mineiro.

Agora quem fez os atleticanos arrancarem os cabelos foi o atacante Ricardo Oliveira. O “Pastor”, como é conhecido perdeu duas chances claras, com o gol aberto à sua frente. Uma em cada tempo. Ricardo vive péssima fase e já acumula incríveis 13 jogos sem marcar. São 934 minutos sem gols, com pênalti perdido, inclusive. O jogador inclusive chegou a virar reserva do garoto Alerrandro, mas voltou ao time titular na última partida.

Galo venceu bem, mas atuações de Gatito e Ricardo Oliveira evitaram que fosse melhor
Ricardo Oliveira lamenta chance perdida na partida contra o Botafogo – Crédito da foto: Bruno Cantini/ Atlético-MG

Boas chances de classificação

Apesar das chances perdidas, o Atlético leva imensa vantagem para o jogo da volta, em casa. Além de ter vencido, com gol fora de casa, o Botafogo ainda perdeu seu principal zagueiro e capitão, Joel Carli, expulso. Agora o Galo poderá apostar na força do Horto para selar a classificação sobre um time que é, indiscutivelmente, mais fraco. No próximo confronto, o alvinegro joga pelo empate. Portanto, os comandados de Rodrigo Santana tem a faca e o queijo na mão para se classificarem.

Se o confirmar a classificação para as quartas de final, o Galo pega o La Equidad, da Colômbia. O provável rival eliminou o Royal Pari, da Bolívia, no último dia 16.

Próximo confronto

O Atlético volta, agora, suas atenções para o Campeonato Brasileiro, onde vem bem, na quarta colocação. O clube mineiro enfrentará o Goiás, no Serra Dourada, domingo (28), às 19h. Vencendo, o Galo poderá chegar ao terceiro lugar da competição. E mesmo com derrota, não deixará o G6 do campeonato.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários