Asilo Lar José de Piranga registra uma morte e três funcionários infectados por coronavírus

PUBLICADO EM:

Três pessoas que foram diagnosticadas com o novo coronavírus em Piranga, região central do estado, são funcionários do asilo Lar São José de Piranga. A informação foi divulgada pela Prefeitura Municipal através do Departamento Municipal de Saúde. No total, são 11 casos confirmados da Covid-19 na cidade, sendo que dois destes vieram a óbito.

O Lar São José de Piranga já teve outros três casos confirmados antes desses, o que totaliza em seis casos, sendo um óbito, um recuperado, um internado em Conselheiro Lafaiete, e ainda, há dois suspeitos que também estão internados.

Apesar do asilo ser de propriedade particular, a Prefeitura de Piranga disse que tem fornecido orientações, equipamentos de proteção individual (EPI’s) para funcionários, além de termômetros a laser e consultas médicas.

O Departamento de Saúde de Piranga recomenda que permaneça o distanciamento social na cidade, e que o uso correto de máscaras é obrigatório, além de higienizar as mãos corretamente.

Qualquer apresentação de síndrome gripal, febre, dor de garganta, dificuldade de respirar ou outro sintoma é orientado que procure o atendimento médico para que as providências protocolares sejam tomadas pelos profissionais e órgãos de saúde.

Coronavírus em Piranga

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Piranga nesse domingo (31), através do Departamento Municipal de Saúde, há 11 casos confirmados de coronavírus na cidade, dois vieram a óbito, quatro foram recuperados, quatro estão sob monitoramento domiciliar e um está internado em Conselheiro Lafaiete.

O óbito mais recente foi confirmado no último domingo. Trata-se de uma mulher, de 72 anos, que era ex-tabagista e também moradora do asilo Lar São José de Piranga. Ela sofria com problemas pulmonares e sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A primeira morte por coronavírus na cidade também era uma mulher, de 77 anos.

E ainda, de acordo com o Informe, em Piranga há 44 casos em monitoramento domiciliar, e 72 casos já foram descartados após exame enviado à Fundação Ezequiel Dias (Funed).

Veja também: Minas Gerais deve alcançar o auge da pandemia em julho

Comentários

RELACIONADOS

Comentários