Agora é que são elas

PUBLICADO EM

Num ano onde o cenário eleitoral é o mais imprevisível da história recente, o Brasil terá sua eleição presidencial definida por uma maioria feminina e indecisa.

Acontece que uma pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta semana pelo portal O Globo, revela que 80% do eleitorado feminino anularão o voto ou ainda não decidiram em quem votar.

Vale lembrar que as eleitoras no nosso país são maioria e representam 52,2% dos votos.

A indecisão, muito se dá pelo distanciamento entre o que elas esperam e o que os candidatos propõem.

Segundo o Datafolha, a preocupação número um das votantes é com a saúde. Questionados, sobre como reverter a situação de descrença das eleitoras, os cinco primeiros colocados na disputa à Presidência da República sequer citaram essa área.

A estratégia das campanhas com certeza focalizará nesta generosa fatia de votos.

Os candidatos acreditam que após as inserções das propagandas em rádio e tv no horário eleitoral gratuito, o cenário poderá mudar significativa.

Fato é, que ao analisar dados como esse, o epoderamento feminino tem uma evolução significativa no país.

Numa sociedade onde até o século passado mulheres sequer podiam votar, hoje são elas quem definirão os rumos da política.

Leia também: Anastasia lidera corrida eleitoral ao Governo de Minas, aponta pesquisa DataTempo/CP2

Comentários
EDITORIA:

destaque

Mariana perdeu 576 empregos formais nos últimos três meses, mas saldo no ano ainda é positivo

Dados divulgados pela Fundação João Pinheiro na última quarta-feira (29) revelam que a cidade de Mariana perdeu um total de 576 empregos...

Vereador de Ouro Preto é condenado em segunda instância por receptação de pneus

O vereador de Ouro Preto, Wander Albuquerque (PDT), foi condenado, em segunda instância, a quatro anos de prisão por, em 2003, adquirir...

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,447FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
191SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários