Aedes aegypti: 30% das cidades de Minas Gerais estão em alerta para a infestação

PUBLICADO EM:

EDITORIA:

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou nessa quinta-feira (7), números preliminares do mês de outubro que indicam que 242 cidades de Minas Gerais estão em situação de alerta para infestação do Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya. Desse número, 15 situações são para surto de doenças transmitidas pelo mosquito. Esses municípios fazem parte dos 803 que enviaram informações ao órgão.

Os dados divulgados pelo Levantamento de Índice Rápido para Aedes aegypti (LIRAa) são obtidos através de amostragens e mapeamento dos índices de infestação, permitindo a identificação dos criadouros predominantes e a situação de infestação nos municípios. Assim, de acordo com a secretaria, os criadouros fazem parte de testes em depósitos de água, domiciliares e lixo.

Ainda de acordo com o LIRAa, para a obtenção de indicadores entomológicos, os resultados são divididos a partir de: índices de 0,9% são satisfatórios, entre 1% e 3,9% são de alerta e superiores a 4%, indicam risco de surto. Leia os resultados parciais do LIRAa completo clicando aqui.

De acordo com o último boletim da secretaria de saúde, divulgado no dia quatro de novembro, Minas Gerais já registrou no ano de 2019, 153 mortes por dengue, em 47 município. Ao todo foram 484.624 casos prováveis da doença.

Belo Horizonte

Em Belo Horizonte, nove municípios da Região Metropolitana da cidade estão em alerta pela presença de criadouros do mosquito, são eles: Esmeraldas, Brumadinho, São José da Lapa, Mário Campos, Igarapé, Matozinhos, Florestal, Juatuba e Bonfim. A capital mineira, ainda apresenta baixo risco de infestação.

Cuidados contra a dengue

A maior parte dos focos do mosquito da dengue estão nos domicílios, assim, medidas preventivas contam com o cuidado da nossa própria casa. Siga essas dicas essenciais contra o mosquito da dengue:

Evite o acúmulo de água

Os ovos do mosquito são deixados geralmente em locais com água, principalmente água parada. Portanto, é importante jogar fora pneus velhos e virar garrafas com a boca para baixo. Também é necessário lavar a vasilha de água do animal de estimação e manter fechadas tampas de caixas d’água e cisternas.

Coloque tela nas janelas

Colocar telas de proteção nas janelas evita a entrada de mosquitos indesejados, protegendo assim, você e sua família.

Coloque areia nos vasos de plantas

Os pratinhos de vasos de plantas é um bom local para os mosquitos, pelo possível acúmulo de água. Por isso, lave-o regularmente ou opte por colocar  areia neste prato. A areia conserva a umidade e ao mesmo tempo evita que e o prato se torne um criadouro de mosquitos.

Use repelente

O uso de repelentes, principalmente em viagens ou em locais com muitos mosquitos, é essencial para também se proteger.

Comentários

NOTÍCIAS RELACIONADAS

EDITORIAS POPULARES

NOSSAS REDES SOCIAIS

70,243FãsCurtir
28,000SeguidoresSeguir
176SeguidoresSeguir
2,000InscritosInscrever
Comentários